Timão volta a mandar jogo em palco histórico e revê um 'inimigo íntimo'

Enquanto imagens da Arena Corinthians correm o mundo exibindo os melhores lances do futebol feminino e masculino dos Jogos Olímpicos, a Fiel terá um novo "abrigo" na próxima segunda-feira, data da partida contra o Cruzeiro, pela 19ª rodada do Brasileirão. Após mais de dois anos da inauguração do estádio em Itaquera, o Timão voltará a mandar um jogo no Pacaembu, sua velha casa e palco de glórias históricas.

A missão do time de Cristóvão Borges será completar a última rodada do primeiro turno da competição como líder, e possivelmente alcançar o título simbólico desta metade do Brasileirão. Para isso, o Corinthians precisará passar por cima de um velho conhecido da torcida... e também do estádio: Mano Menezes.

Atualmente no comando de um projeto de reconstrução do Cruzeiro, que ocupa a antepenúltima posição do Brasileiro, Mano Menezes trabalhou no Corinthians entre 2008 e 2010 e também em 2014. Era justamente o gaúcho o comandante alvinegro no último jogo como mandante no Pacaembu, em 27 de abril daquele ano.

Com gols de Guilherme (o volante, hoje no La Coruña, da Espanha) e Gil (zagueiro, atualmente do Shandong Luneng, da China), o Corinthians bateu o Flamengo por 2 a 0 no Brasileirão de 2014. Daquele time, apenas Cássio e Fagner seguem como titulares. Danilo e Luciano, que entraram no segundo tempo, também continuam no Timão, mas são menos utilizados por Cristóvão.

Se, pelo lado do Cruzeiro, Mano é um "inimigo íntimo", que conhece os atalhos do Pacaembu, Cristóvão comandará na segunda-feira sua primeira partida como mandante nesse palco de tantas glórias para a Fiel.

Em Itaquera, o Corinthians soma 76 partidas até o momento, com 56 vitórias, 16 empates e quatro derrotas. Já no Pacaembu, palco principal até 2014, são 1.689 partidas: 966 vitórias, 396 empates e 327 derrotas.

Inspirado nos números positivos, no Pacaembu ou na Arena, o Timão entrará em campo depois de seus rivais diretos pela liderança e pelo Troféu Osmar Santos. Expectativa de que a meta ainda seja real, como diz Cristóvão.

- É importante e vamos brigar, mas o objetivo final é lá na frente.

CRISTÓVÃO NO PACAEMBU:

Como jogador - Defendeu o Corinthians em 58 partidas e marcou 13 gols. Do total, 22 jogos foram realizados no Pacaembu: 13 vitórias, cinco empates e só quatro derrotas.

Como treinador - Em cinco anos de carreira como treinador, Cristóvão dirigiu quatro partidas no Pacaembu, à frente de times visitantes. A primeira foi o empate em 1 a 1 entre Palmeiras e Vasco (seu clube na época), no mês de novembro de 2011. Depois, em 2012, perdeu por 1 a 0 do Corinthians na Libertadores, em 2013 foi goleado por 3 a 0 pelo Santos (era do Bahia) e em 2014 venceu Palmeiras no Flu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos