Guilherme pode ganhar chance no Corinthians, mas lugar cativo é desafio

  • Friedemann Vogel/Getty Images

Cristóvão Borges decidiu esperar até o último momento por Marquinhos Gabriel. Titular do Corinthians em todos os jogos do Brasileirão até aqui, o meia está fazendo tratamento intensivo contra dores nas costas para poder voltar ao time nesta segunda-feira, contra o Cruzeiro. A dúvida, porém, continua.

"Guilherme treinou porque o Marquinhos está fora. Mas voltando vai o Marquinhos", resumiu o treinador.

Marquinhos Gabriel não participou do treino deste sábado, mas realizou trabalho físico com fisioterapeuta no gramado. A expectativa é que ele faça alguma atividade com mais intensidade na tarde deste domingo, com portões fechados no CT Joaquim Grava. Caso não reúna condições de jogar, Guilherme entra. Mas a possibilidade de o camisa 10 começar jogando não é uma simples troca de peças, pois Cristóvão não vê Guilherme ocupando a mesma função e tem importantes comedimentos em relação ao meia.

Cristóvão não vê Guilherme como opção jogando aberto ou no ataque, e sim centralizado - na posição, a aposta do treinador tem sido em Giovanni Augusto, e o camisa 10 é uma espécie de segunda opção. Essa é a razão, inclusive, pela qual Guilherme não é titular hoje: ele não oferece possibilidade de variações táticas, algo que Cristóvão preza muito.

Desta forma, caso Guilherme seja acionado, o Corinthians voltará a atuar no 4-2-3-1 e abandonará o 4-4-2 das últimas partidas. Giovanni, assim, volta a atuar na ponta direita e Romero na esquerda para Guilherme voltar a ser titular na armação.

O sonho de terminar líder o primeiro turno do Campeonato Brasileiro vive. Pelos pés de Marquinhos Gabriel ou de Guilherme.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos