Após novo tropeço do Brasil, Neymar deixa estádio sem dar entrevistas

Capitão e camisa 10 da Seleção Brasileira, Neymar deixou o Estádio Mané Garrincha, na madrugada desta segunda-feira, em silêncio. Abalado após novo tropeço da equipe olímpica, que empatou com o Iraque sem gols pela segunda rodada da fase de grupos da Olimpíada, ele não quis conceder entrevistas.

Na saída do campo, o atacante e todos os demais jogadores não passaram na área reservada ao atendimentos aos jornalistas. Depois, foi um dos primeiros a deixar o vestiário e não parou na zona mista, ao contrário dos outros atletas.

O técnico Rogério Micale foi questionado sobre a atitude do capitão e disse:

- Eu queria pedir desculpa por essa situação, gostaria que vocês entendessem, é um momento difícil que houve, empatamos um jogo que gostaríamos de vencer.

Depois do empate na estreia, contra a África do Sul, o craque do Barcelona adotou postura diferente e atendeu a imprensa. Desta vez, contudo, foi um dos poucos titulares que não falou com os repórteres na zona mista.

A Seleção Brasileira viaja nesta segunda-feira para Salvador, onde enfrenta a Dinamarca, quarta-feira, às 22h, tentando a primeira vitória na Olimpíada e a classificação para as quartas de final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos