Bellucci e Sá levam virada de italianos e estão fora da Olimpíada

Começou como no domingo. Durante parte do jogo, apareceu a mesma vibração da vitória sobre os irmãos britânicos Andy e Jamie Murray. Mas o resultado foi muito mais frustrante. Thomaz Bellucci e André Sá chegaram a abrir 1 a 0 e estarem bem no segundo set, mas levaram a virada e perderam por 2 a 1 (5-7, 7-5 e 6-3) para Fabio Fognini e Andreas Seppi, da Itália, e estão eliminados do torneio de duplas masculina olímpico.

E tudo isso ao som de funk e outras músicas brasileiras durante os dois primeiro sets. Isso porque, com o vento forte desta segunda, a música da balada que agita o local para os torcedores que estão no Parque Olímpico, e que até fica a uma certa distância do complexo de tênis, chegou até o local. Em certos momentos da partida, deu para ouvir claramente o som. Isso em um esporte que pede tanto silêncio...

O jogo, que poderia ter começado à tarde, só foi ter o seu início já com noite no Parque Olímpico da Barra. A torcida, que teve boa participação na vitória sobre os Murray, mas uma vez fez sua parte. Mesmo que as vezes mais tímida do que contra os britânicos.

Em quadra, André Sá voltou a ser o destaque do Brasil. Muito efetivo, sobretudo na rede, o mineiro, em sua quarta Olimpíada, mais uma vez foi o destaque da dupla.

Os brasileiros conseguiram uma quebra de saque logo no começo do primeiro set, teve essa quebra devolvida, mas dominou a parcial. Ficou à frente do placar o tempo todo e fechou com 7-6.

Curiosamente, o segundo set foi bem parecido com o primeiro. Em quadra e fora dela. O placar ficou apertado, mas com domínio brasileiro. Nas arquibancadas, a torcida até participou um pouco mais. Incentivou a dupla brasileira, que vibrou. Com 4 -4 no placar, os torcedores, mais uma vez, pediram "vamos quebrar" e quase foram atendidos. Mas Fognini e Seppi se mantiveram fortes e fecharam o game e, depois, a parcial por 7-5.

A última e decisiva parcial também teve troca de quebras. Mas, para infelicidade dos brasileiros, os italianos se deram melhor. Bellucci e Sá conseguiram ficaram na frente logo no começo do set, mas os italianos conseguiram se recuperar e fecharam por 6 -3, em 2h16 de jogo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos