Tite vai a treino e fala com Seleção antes de jogo decisivo em Salvador

A Seleção Brasileira recebeu o apoio do técnico Tite na véspera do duelo decisivo contra a Dinamarca, em Salvador, que decidirá se a equipe avançará às quartas de final da competição ou será eliminada em mais um vexame em casa. O treinador esteve no treino do Brasil desta terça-feira, no Estádio de Pituaçu, e conversou com os jogadores por cerca de 20 minutos.

Comandante da Seleção principal, Tite esteve na Granja Comary, em Teresópolis, duas vezes enquanto o grupo olímpico se preparava para a Rio-2016. Ele também foi ao Serra Dourada, em Goiânia, assistir ao amistoso contra o Japão, vencido por 2 a 0.

O ex-treinador do Corinthians estava na Europa desde a semana passada, por isso não foi aos dois primeiros jogos da Seleção na Olimpíada, contra África do Sul e Iraque, em Brasília.

Mesmo à distância, Tite acompanhou as partidas do Brasil e manteve contato com o técnico Rogério Micale. Ele também recebeu informações de seu auxiliar-técnico, Cléber Xavier, que está com o elenco canarinho.

A imprensa teve acesso a apenas 15 minutos do treinamento da Seleção nesta terça-feira e não pôde ver a escalação que Micale levará a campo. A tendência, porém, é de mudanças. Rafinha e Luan são cotados para ganhar chance entre os titulares. Além disso, Rodrigo Dourado deve ser escolhido como o substituto de Thiago Maia, suspenso.

Assim, o Brasil deve ir a campo com: Weverton, Zeca, Rodrigo Caio, Marquinhos e Douglas Santos; Rodrigo Dourado, Renato Augusto e Felipe Anderson; Gabigol, Gabriel Jesus e Neymar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos