Efeito Arena: estádio alavanca programa sócio-torcedor do Botafogo

São duas vitórias e um empate na Arena Botafogo. Jogadores e comissão técnica acreditam que a fuga do rebaixamento no Campeonato Brasileiro passa pelo bom desempenho na nova casa. Porém, as consequências positivas de o Glorioso ter um lar para chamar de seu já são palpáveis. Desde o anúncio da parceria com a Portuguesa Carioca para a utilização do Estádio Luso-Brasileiro, o número de sócios-torcedores aumentou.

O salto foi de é 43,5%. O LANCE! teve acesso aos dados relativos ao crescimento entre abril e julho, ainda não divulgados oficialmente pelo clube. O balanço de março fechou com 5.415 membros no Sou Botafogo, o programa sócio-torcedor da instituição. O número permaneceu praticamente estável até dois dias do fim de abril. Em seguida, foram anunciadas a parceria para a equipe jogar na Ilha do Governador e novos produtos para os torcedores que estavam no programa.

Os produtos resultaram em centenas de adesões nas 24 horas seguintes. De lá para o início deste mês de agosto, o Sou Botafogo passou a totalizar 7.768 membros cadastrados. A expectativa no clube é de que o crescimento continue até o fim do ano, período mínimo previsto para a utilização do estádio.

E o aumento no número de sócios desta categoria significa geração de capital ao Glorioso. Os produtos lançados naquele final de abril são diferentes categorias de bilhetes antecipados para partidas do time no Brasileirão. As novidades, daquele momento até agora, geraram aumento de 200% na receita do programa. A proporção do crescimento não é a mesma da do número de sócios também porque existem diferentes faixas de preço.

O crescimento superou a insatisfação pela impossibilidade de ver o time, em casa, no período olímpico. A Polícia Militar não tem efetivo suficiente para garantir a segurança.

Nos bastidores, o Botafogo se orgulha de promover os bilhetes para a temporada ("season tickets", comuns na Europa e nos Estados Unidos). Ao mesmo tempo, o torcedor apoia na arquibancada.

- Nosso diferencial nos jogos em casa é o torcedor. Se temos uma casa, fica diferente. Ficamos felizes porque a torcida tem nos apoiado - celebra o atacante Rodrigo Pimpão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos