Esquema com quatro atacantes funciona, e Seleção ganha dúvidas

A Seleção ganhou o jogo contra a Dinamarca, a vaga nas quartas de final da Olimpíada e também dúvidas. A boa atuação na última quarta-feira, na Fonte Nova, em Salvador, geram alguns dilemas na cabeça do técnico Rogério Micale, que despistou quando perguntado se havia encontrado sua equipe ideal.

As duas principais dúvidas são quanto a manutenção do esquema com quatro atacantes e do volante Wallace na vaga de Thiago Maia. Diante da Dinamarca, o técnico Rogério Micale trocou o meia Felipe Anderson pelo atacante Luan e colocou o volante do Grêmio na vaga do santista, que estava suspenso.

O fato de as coisas terem ido bem não significa que Micale não fará mudanças. Thiago Maia foi um dos melhores da equipe nos dois primeiros jogos, e a Colômbia deve atacar e oferecer muito mais perigo ao Brasil nas quartas de final da Olimpíada do que a Dinamarca.

O treinador brasileiro preferiu dizer que ganhou uma nova opção e não um problema a resolver.

- Foi uma grande partida, a equipe teve uma postura boa, mas se analisarmos friamente usamos esse mesmo modelo (com quatro atacantes) em outros dois jogos e as coisas não encaixaram. Um jogo como esse nos traz uma tranquilidade importante. A equipe nunca se entregou, não posso falar de disposição, os jogadores tentaram muito. Foi um grande jogo. Isso nos dá uma nova opção, que treinamos com variação lá na Granja. Hoje funcionou - analisou.

Micale ainda explicou o funcionamento de seu sistema tático escolhido:

- É um 4-2-4 em alguns momentos, mas ele se transforma no 4-2-3-1 em outros momentos do jogo. A Dinamarca tinha um lado direito forte, que dava amplitude ao campo. O Gabriel Jesus é um jogador que tinha a condição de voltar e dar cobertura. O Neymar, como vinha sendo muito marcado jogando na função que ele costuma atuar no Barcelona, tentamos tirar um pouco dessa situação, pois os adversários já vinham prevendo a posição dele, o que gerou uma rotatividade do ataque, principalmente com a entrada do Luan, que costuma fazer essa função no Grêmio. Tentamos colocar uma linha de quatro atacantes sobre a linha de quatro defensores deles - ponderou o técnico, que espera a Colômbia também partindo ao ataque.

O próximo duelo da Seleção é sábado, ás 22h, na Arena Corinthians.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos