Após eliminação, Hope Solo ataca time da Suécia: 'bando de covardes'

Hope Solo parece mesmo gostar de polêmicas. Após a derrota nos pênaltis para a Suécia, nesta sexta (12) e a eliminação americana das Olimpíadas, a goleira americana não demonstrou qualquer espírito olímpico para analisar a partida. Uma das jogadoras mais experientes dos Estados Unidos, Solo atacou o jeito de jogar das suecas, a quem chamou de covardes.

- Eu acho que jogamos um jogo corajoso. Tivemos várias oportunidades de gol. Acho que mostramos bastante coração, saímos de um gol atrás e estou muito orgulhosa deste time. Mas também acho que jogamos contra um bando de covardes. O melhor time não venceu hoje. Eu acredito fortemente nisso - disse a goleira após a partida, segundo o Guardian.

Antes das Olimpíadas, Hope Solo já havia se envolvido em polêmica após postar uma foto com um "kit anti-zika" nas redes sociais. A imagem desagradou os torcedores brasileiros, que pegaram no pé da arqueira em cada um dos quatro jogos das seleção americana no torneio olímpico.

Na entrevista coletiva após a partida que deixou as americanas de fora da final pela primeira vez na história do futebol feminino olímpico, a técnica Jill Ellis não fez coro à opinião de Solo. A treinadora preferiu simplesmente não criticar a tática adotada pela antiga técnica da seleção estadunidense, Pia Sundhage.

- Elas executaram o jogo delas muito bem. É uma questão de saber como usar os recursos que você tem. E, no fim, o mais importante é o resultado e não como você joga. Eu não vou criticar a tática que elas usaram. É uma escolha jogar defensivamente e está OK - comentou Ellis.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos