Com gritos de 'Fora, Temer', Canadá bate a França e avança à semifinal do futebol feminino

A Arena Corinthians recebeu um ótimo público para acompanhar uma das quartas de final do futebol feminino nesta sexta-feira à noite: 38.688 pessoas viram a vitória do Canadá por 1 a 0 sobre a França. As canadenses marcaram um golaço no segundo tempo com Sophie Schmidt e vão disputar uma semifinal da Olimpíada contra a Alemanha.

Fez muito frio durante a partida, mas não impediu que a torcida no palco paulista se manifestasse com afinco. Depois do gol do Canadá, uma parte considerável do estádio puxou o coro de "Fora, Temer", em protesto contra o presidente Michel Temer. Corintianos também entoaram "Timão, ê, ô", que foi ouvido acompanhado de vaias.

Em campo, o equilíbrio marcou o duelo entre Canadá e França, que disputaram a medalha de bronze em Londres-2012, com vitória das canadenses. Curioso é que as equipes se enfrentaram também na preparação para o Rio e o mesmo placar se repetiu nas três vezes: 1 a 0 para Canadá.

A França jogou melhor no primeiro tempo, com mais presença no ataque, e Canadá foi melhor no segundo. Aos 11 minutos, a atacante Beckie chapelou uma francesa antes de cruzar para Sophie, livre, empurrar para as redes. Depois do gol que sacramentou a vitória, a torcida passou a adotar o Canadá como time e cantou pelas meninas de vermelho.

Apesar do gol sofrido, a França foi valente e pressionou as canadenses, chegando a acertar uma bola no travessão. Mas não deu. Com o apito final, as canadenses comemoraram muito, enquanto as francesas desabaram no gramado. Canadá volta a campo na próxima terça-feira, no Mineirão, para encarar a Alemanha, em duelo marcado para às 16h. Quem vencer disputa a medalha de ouro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos