Em tom de adeus, Michael Phelps celebra sua trajetória no esporte: 'alcancei tudo o que eu queria'

As provas da natação nos Jogos Olímpicos Rio-2016 acabarão neste sábado, assim como a carreira do astro americano Michael Phelps. Nesta quinta-feira, após ganhar a medalha de ouro nos 200m medley no Estádio Aquático (seu 22º título olímpico), o nadador de 31 anos deu sua primeira entrevista coletiva no Rio de Janeiro em tom de despedida, já que ele irá se aposentar.

Ao longo da semana, o atleta respondeu a maior parte de suas perguntas a respeito de seus resultados na Cidade Maravilhosa. Desta vez, as questões foram mais voltadas para as suas próximas 48 horas, que marcarão as duas últimas vezes em que ele poderá ser visto competindo profissionalmente.

Phelps nadará na noite desta sexta-feira a final dos 100m borboleta, e amanhã fará parte do revezamento 4x100m medley. Estas serão suas duas últimas provas da carreira. O fim próximo trouxe à entrevista concedida já na madrugada desta sexta-feira um clima de nostalgia.

- Esta semana está sendo especial até agora, de uma forma incrível para eu encerrar a minha carreira - contou Phelps.

O americano, maior recordista de medalhas na história olímpica e detentor de recordes mundiais, diz que deixará o esporte satisfeito com o que conseguiu.

- Hoje (quinta-feira) pela manhã a ficha começou a cair, de que eu me vestiria apenas mais duas vezes para competir. É algo maluco pensar e acreditar nisso. Mas eu fiz tudo o que eu queria. Tudo o que eu tinha em mente eu consegui fazer - falou Phelps.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos