Micale deixa dúvida no meio, mas avisa que Seleção seguirá ofensiva

O técnico Rogério Micale colocou em dúvida o retorno de Thiago Maia, volante do Santos, ao time titular da Seleção Brasileira para o jogo contra a Colômbia, pelas quartas de final do futebol masculino olímpico, às 22h deste sábado, em Itaquera. Segundo ele, o gremista Walace fez uma "partida perfeita" contra a Dinamarca, quando o concorrente cumpriu gancho.

- Boa pergunta. A gente está pensando, são grandes jogadores. O Thiago fez ótimas partidas antes da suspensão. O Walace fez uma partida perfeita contra a Dinamarca. É aquela dificuldade boa ter que definir por um ou colocar os dois juntos. É uma boa dor de cabeça, dois excelentes jogadores - disse Micale.

Os dois só devem jogar juntos se Neymar, que sente dores no tornozelo direito, não puder atuar. Micale, porém, confia que poderá escalar o seu camisa 10. A tendência é de que Luan seja mantido no ataque, na vaga de Felipe Anderson. E o comandante já avisa que não vai adotar postura mais conservadora:

- Não. Não existe essa possibilidade. Nós vamos manter a nossa forma de jogar, confiamos que é dessa forma que nos preparamos, é o melhor encaixe dentro das características dos nossos jogadores. Mudar conceito agora, sem trabalho, é muito complicado. O conceito, a forma de atuar, não muda.

O Brasil deve ir a campo com Weverton, Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Walace (Thiago Mais) e Renato Augusto; Gabriel, Luan e Gabriel Jesus; Neymar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos