Azarão, Arthur Nory revela emoção ao superar ídolos e ousadia na série

Uma aposta ousada e o destino foram generosos com Arthur Nory neste domingo. Afinal de contas, o ginasta brasileiro era o azarão na decisão da prova individual do solo neste domingo na Arena Olímpica do Rio. No entanto, ele faturou uma medalha logo em sua estreia em Olimpíadas, ao ficar em terceiro na disputa e garantir o terceiro bronze do Brasil nos Jogos Olímpicos.

O brasileiro terminou em nono na fase classificatória. No entanto, a regra da ginástica afirma que uma decisão só pode contar com apenas dois atletas por país. Como o Japão possuía três entre os oito melhores, a vaga caiu no colo do ginasta da casa.

Após a cerimônia de premiação, Nory revelou que fez uma mudança em sua série para grande decisão. Segundo o ginasta, a sugestão e confiança do técnico Cristiano Albino foram fundamentais para o êxito na execução.

- Mudei a série da qualificatória. Não tinha feito isso ainda. Não seria fácil, mas tinha treinado bastante. E a segunda passada era o elemento que coloquei, que possui valor F e chama bastante atenção pelo grau de dificuldade. Meu técnico confiou muito em mim e fui feliz na execução - declarou.

Arthur Nory declarou ainda que não relaxou por ver que rivais mais qualificados, como o japonês Kohei Uchimura, campeão por equipes e no individual geral nos Jogos do Rio de Janeiro, terem problemas durante a execução de suas respectivas séries.

- Competição é competição. Ali todo mundo é adversário e vai para brigar por medalha. Na hora você não pensa nisso, acaba se tornando grande junto com ele (Uchimura). Todo o ginasta evita ter esse contato de atleta. Nos blindamos muito, já que escutamos muita coisa - declarou Nory, que falou sobre a emoção de dividir o pódio com o companheiro de Seleção Diego Hypolito:

- Foi muito emocionante. O Diego está lutando há muitos anos, afinal está na terceira Olimpíada dele. Ele queria muito essa medalha, e essa energia passa para nós. Foi muito legal estar no pódio ao lado do meu ídolo.

Por fim, Arthur Nory ainda afirmou que os resultados da ginástica na Rio-2016 tem tudo para ajudar ainda mais no crescimento do esporte no Brasil.

- A ginástica está crescendo bastante. Estou bem satisfeito e consegui aquilo que queria. Era um sonho ser medalhista olímpico e acredito que a ginástica vai crescer muito com esses resultados - afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos