Santa Cruz busca o empate duas vezes contra o Vitória no Barradão

O Vitória desejava ganhar fôlego em sua missão de se afastar da zona do rebaixamento. Já o Santa Cruz precisava vencer para mostrar poder de reação para deixar o Z4 em breve. Mas o duelo entre o Rubro-Negro baiano e o Tricolor pernambucano terminou sem vencedor na tarde deste domingo, no Barradão. O Vitória esteve duas vezes na frente, mas o Santa buscou a igualdade e garantiu o 2 a 2 válido pela 20ª rodada do Brasileirão. Clique aqui e confira como foi o lance a lance da partida.

Após o quarto empate na condição de mandante neste Brasileirão, o Vitória foi aos 23 pontos, se mantendo muito próximo da zona de descenso. Já o Santa Cruz, que teve o técnico Doriva apenas como um torcedor no Barradão, foi aos 19 e ocupando a 19ª colocação.

PRÓXIMOS JOGOS

O Vitória voltará a atuar pelo Brasileirão no próximo dia 22, uma segunda, quando visitará o Corinthians, na Arena Corinthians, às 20h. Já o Santa Cruz, uma dia antes, receberá o Fluminense no Arruda. O duelo será às 16h.

VITÓRIA SAI NA FRENTE, MAS SANTA IGUALA COM BELO GOL

O Vitória teve início superior no Barradão, tentando imprimir velocidade e envolver o Santa Cruz. Tática que se mostrou eficaz logo aos cinco minutos. Flávio aproveitou a sobra e deixou Diego Renan na boa. Ele recebeu e finalizou na saída de Tiago Cardoso. O bom momento do Rubro-Negro baiano quase se traduziu em novo gol aos 11, após ótimo lançamento de Diego Renan para Marinho.

O Santa Cruz, com o decorrer do jogo, foi ganhando terreno e conseguindo transpor a marcação adversária. Mas faltava concluir com precisão. Precisão que também faltou ao Vitória. Cárdenas quase aproveitou rebote ao acertar o travessão, aos 34. Mas o empate do Santa viria, já que sobrou precisão para Tiago Costa. Finalização de fora da área sem chance para Fernando Miguel, aos 37. A equipe pernambucana, que ainda levaria perigo com Grafite, encerrou a etapa inicial melhor.

OUTRO GOLAÇO E NOVO EMPATE DO SANTA CRUZ

Assim como havia ocorrido no primeiro tempo, o Vitória teve bom início na etapa final, tentando se impor. Postura recompensada logo aos dois minutos. A bola afastada por Danny Morais ficou com Willian Farias, que finalizou de fora da área e sem nenhuma chance para Tiago Cardoso, outro belo gol e Vitória na frente novamente.

O Vitória era melhor, conseguindo trabalhar melhor e bola, mas sem conseguir vencer o goleiro rival novamente. Aos 19 minutos, por exemplo, o Leão teve duas chances, com Tiago levando a melhor contra Diogo Mateus e Marinho. Mas caberia ao Santa Cruz conseguir novo empate. As mudanças feitas pelo auxiliar Adriano Ferreira surtiram efeito aos 37: cruzamento de Wallyson e cabeçada do estreante Pisano, deixando tudo igual novamente.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 2 X 2 SANTA CRUZ

Local: Barradão, Salvador (BA)

Data-hora: 14/8/2016 - 16h

Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Auxiliares: Luiz Antônio Barbosa (MG) e Marconi Helbert Vieira (MG)

Público/Renda: 6.797 presentes/R$ 91.803,00

Cartões amarelos: Kieza (VIT); Danny Morais, Luan Peres (SAT)

Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Diego Renan, 5'/1ºT(1-0), Tiago Costa, 37'/1ºT(2-0), Willian Farias, 2'/2ºT(2-1) e Pisano, 37'/2ºT(2-2).

VITÓRIA: Fernando Miguel; Diogo Mateus (José Welison, 35'/2ºT) Ramon, Kanu e Diego Renan; Willian Farias, Flávio (Marcelo, 12'/2ºT) e Cárdenas; Marinho, Kieza e Vander (Dagoberto, 39'/2ºT) - Técnico: Vagner Mancini.

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Léo Moura, Luan Peres, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, Derley (Danilo Pires, 28'/2ºT) e João Paulo (Wallyson, 28'/2ºT); Arthur (Pisano, 20'/2ºT), Keno e Grafite - Técnico: Adriano Teixeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos