Fabiana Murer falha três vezes e fica fora da decisão do salto com vara

Uma das maiores esperanças de medalha do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, Fabiana Murer, se despediu de forma precoce da competição. Ainda nas eliminatórias do salto com vara, disputados na manhã desta terça-feira, no Estádio Olímpico, o Engehão, a atleta falhou nas três tentativas de passar o sarrafo a 4,55m e ficou fora da decisão da prova.

Optando por entrar na competição com a marca mais elevada (4,55m), já que outras atletas começaram ainda com 4,15m, a brasileira não conseguiu superar a altura, considerada baixa para seus parâmetros, já que é dona do recorde sul-americano com 4,87m.

Recentemente, a competidora revelou que estava sofrendo com uma hérnia de disco, mas que a condição não iria atrapalhar nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Essa foi a terceira disputa olímpica de Murer na carreira. Em Pequim (CHN), em 2008, ela sofreu com o sumiço de suas varas e, desestabilizada emocionalmente, não conseguiu um bom papel na decisão. Já em Londres (ING), em 2012, a atleta reclamou muito das condições do vento no local, se recusou a saltar, e caiu ainda nas eliminatórias.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos