Imagem de nadadores chegando à Vila Olímpica contradiz depoimento dado à Polícia Civil

Imagens de câmeras de segurança contestam a versão de um suposto assalto que dois nadadores americanos deram para a Polícia Civil. Na filmagem, aparecem Ryan Lochte, James Feigen, Gunnar Bentz e Jack Conger todos da delegação americana - chegando à Vila Olímpica às 6h56m. Em depoimento, os atletas disseram ter saído de uma festa na Lagoa, às 4h. As imagens foram reveladas pelo jornal britânico Daily Mail.

Em depoimento à Polícia Civil, Lochte e Feigen disseram que o grupo pegou um táxi na Lagoa sentindo São Conrado e teriam sido assaltados em uma via perto da Vila Olímpica. Os bandidos teriam levado US$ 400 (cerca de R$ 1.275) de Lochte e US$ 300 (cerca de R$ 955) de Feigen.

Uma outra contradição entre os depoimentos dos nadadores deixou a polícia intrigada. Feigen disse só ter visto um homem armado na hora da abordagem. Já Lochte diz ter visto mais de um homem envolvido no assalto. Mas, ainda segundo o nadador, só um deles estava armado. O taxista que levava o grupo ainda não foi localizado. Os nadadores Gunnar Bentz e Jack Conger, também envolvidos no caso, ainda não foram ouvidos.

Lochte chegou a dizer ao jornal americano USA Today que os nadadores não contaram inicialmente o caso de roubo ao comitê olímpico americano porque "ficaram com medo de arrumar confusão".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos