Vitor Hugo tem média para virar o maior zagueiro-artilheiro do Palmeiras

  • Cesar Grecco/Agência Palmeiras

    Vitor Hugo pode se tornar um dos maiores zagueiros artilheiros da história palmeirense

    Vitor Hugo pode se tornar um dos maiores zagueiros artilheiros da história palmeirense

Vitor Hugo precisa de oito ou nove jogos para marcar um gol pelo Palmeiras. Esta média coloca o camisa 4 no rumo até da primeira posição entre os zagueiros goleadores da história do clube.

O gol de cabeça que definiu a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, no último domingo, foi o 12º de Vitor Hugo em 99 jogos pelo Verdão. Apenas dez zagueiros palmeirenses balançaram mais redes do que ele.

Contando as 18 rodadas finais do Brasileirão e os oito jogos possíveis da Copa do Brasil, o Palmeiras pode jogar mais 26 vezes na temporada.

Se mantiver a média, Vitor marcará mais três gols até dezembro, chegando aos 15 gols em dois anos de clube e ultrapassando Henrique e Nen, ambos com 14 tentos anotados.

O maior zagueiro-artilheiro da história do Palmeiras é Luis Pereira, com 35 gols. Considerando o ritmo atual, de 15 gols a cada duas temporadas, Vitor Hugo superaria esta marca em 2019 - o contrato dele se encerra em agosto de 2020.

É preciso ponderar, porém, que ele dificilmente ficará no Palestra Itália até o fim deste compromisso. No mês passado, uma proposta da Fiorentina (ITA) o deixou balançado, mas foi recusada pela diretoria alviverde.

"Eu fiquei sabendo dessa proposta, mas pedi para meus empresários tomarem conta disso para eu ficar focado só no Palmeiras. Eles chegaram a um acordo para eu ficar e o importante é manter firme no trabalho", disse o zagueiro, que não esconde a satisfação pela marca que será batida no domingo, contra a Ponte Preta, no Allianz Parque.

"Então, rapaz, cem jogos! Imagina! Olha o tanto... É muita coisa. Fico muito feliz, muito grato ao Palmeiras. Espero estar no próximo jogo para concretizar essa marca, o torcedor apoiando demais, acrescentou.

Contra o Atlético-PR, Vitor comemorou o gol com um salto mortal. Não foi uma homenagem a Diego Hypolito e Arthur Nory, medalhistas da ginástica na Rio-2016 - o palmeirense disse que nem assistiu às provas. Trata-se de uma comemoração já característica dele, e que rende brincadeiras com os colegas de elenco.

"A comemoração já é clássica, faz um tempo que faço. Fui meio barrado por risco de lesão. Falaram que iam multar... No grupo do Whats o Alecsandro até brincou: 'Pode deixar que a sua multa eu pago'", finalizou.

OS ZAGUEIROS ARTILHEIROS DO VERDÃO;

Luis Pereira - 35 gols
Loschiavo - 31 gols
Vágner Bacharel - 22 gols
Cleber - 21 gols
Bianco - 19 gols
Daniel II - 18 gols
Júnior Baiano - 16 gols
Roque Júnior - 16 gols
Henrique - 14 gols
Nen - 14 gols
Vitor Hugo - 12 gols
Leonardo - 12 gols

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos