'A mídia só falava delas': Ágatha e Bárbara celebram surpresa e final

Se Kerri Walsh era favorita ao quarto ouro olímpico, Ágatha e Bárbara ignoraram. Se a dupla brasileira era surpresa na semifinal contra as americanas, elas preferiram pensar de outra forma. E deu certo. Ágatha e Bárbara bateram Walsh e Ross e disputarão a decisão do vôlei de praia.

- O principal foi se blindar. Porque era tanta coisa em volta falando do favoritismo delas, da tentativa de quarta medalha, Estados Unidos e tal, não podíamos entrar nessa onda. Pensamos: "Vamos acreditar, estudar e ver o que podemos fazer". Focamos no nosso. A mídia só falava delas. A onda era a favor delas - desabafou Ágatha após a vitória.

Bárbara seguiu a mesma linha de pensamento. Ao ser questionada se a partida havia sido a melhor da carreira da dupla, preferiu enaltecer a qualidade das brasileiras, sem supervalorizar o resultado.

- Não. Mas eu acho que foi nosso melhor jogo contra elas, com certeza. A gente estava muito ciente contra quem iria jogar, sabia do favoritismo, e a gente se blindou disso. Nos focamos no que deveríamos: o nosso, que é o que controlamos. Estou muito orgulhos da Ágatha. Foco, foco, não podíamos relaxar.

Agora, a dupla pensa - e se foca, como deixaram claro - na decisão. Quarta-feira, elas encaram as alemãs Ludwig e Walkenhorst. Bárbara resume o que esperar:

- Outro jogo pedreira - disse, simplesmente.

Prata ou ouro, sairão da "pedreira" com medalha.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos