Brasileiros caem nas quartas e têm de torcer para algozes no taekwondo

O taekwondo possui uma particularidade em seu regulamento que força que você torce contra o adversário que acabou de vencê-lo. Bom, seguindo essa lógica, é exatamente isso que os brasileiros Venilton Teixeira (categoria até 58kg) e Iris Tang Sing (até 49kg) precisam fazer nesta quarta-feira.

Subindo ao tatame pelas quartas de final de suas classes, os dois saíram derrotados. Venilton, medalhista de bronze no Mundial de Chelyabinsk (RUS) e ouro no Mundial Militar de Mungyeyong (COR), ambos no ano passado, caiu diante do mexicano Carlos Ruben Navarro Valdez, pelo placar de 8 a 5.

Já Iris Sing, que possui as mesmas medalhas de seu compatriota, mais o bronze no Pan-Americano de Toronto (CAN), no ano passado, também caiu diante de uma atleta mexicana. Itzel Manjarrez venceu a lutadora brasileira por 14 a 4.

Dessa forma, caso os dois algozes dos brasileiros avancem para a final do torneio, os dois estão automaticamente classificados para a repescagem, enfrentando os rivais derrotados pelos mexicanos nas oitavas. Caso seus rivais caiam nas semifinais, que serão disputadas às 17h, eles estão eliminados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos