Melhor mandante, Palmeiras recebe visita mais 'chata' do Allianz Parque

  • Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação

    Palmeiras tem melhor desempenho como mandante neste Brasileirão

    Palmeiras tem melhor desempenho como mandante neste Brasileirão

Dono de um aproveitamento impressionante em casa (83,3%), o Palmeiras divide com Santos e Grêmio o posto de melhor mandante do Brasileirão. Com sete vitórias, um empate e apenas uma derrota jogando no Allianz Parque neste campeonato, o Verdão vai enfrentar domingo o único time contra o qual está zerado na arena depois de dois jogos: a Ponte Preta.

A Macaca venceu os dois confrontos por 1 a 0 - o primeiro no Paulistão de 2015, o segundo no Brasileirão, também do ano passado. Dos 37 adversários que já recebeu no novo Palestra Itália, há outros nove que o Verdão não venceu, mas oito foram ao estádio só uma vez: ASA (empate), Coritiba (derrota), Goiás (derrota), Linense (derrota), Ferroviária (derrota), Nacional (URU) (derrota), Sport (derrota) e Vasco (derrota). Com o Atlético-MG, o time também vive um jejum após dois jogos, mas ao menos empatou uma vez e perdeu outra.

Essa derrota para o Galo é a única de Cuca no Allianz Parque. O técnico fez o Verdão se tornar forte novamente como mandante, após perder pontos importantes com Marcelo Oliveira na arena. O atual técnico venceu nove partidas no Palestra, empatou uma, além de ter sido batido pelos mineiros.

Apesar da boa campanha da Macaca neste Brasileiro (oitava colocada com 30 pontos), o time de Eduardo Baptista foi derrotado nas últimas três partidas como visitante, e em todas levou três gols: 3 a 1 para o Santos, 3 a 0 para o Fluminense e 3 a 1 para o Coritiba.

Essa curta série não chega a ser um tabu para o Verdão, que já quebrou jejuns bem mais longos durante este ano. É hora de passar por mais um para se manter confortável na ponta do Brasileirão.

Tabus quebrados na temporada são inspiração

No domingo, a vitória sobre o Atlético-PR encerrou um jejum de oito anos sem vitória na Arena da Baixada. Neste ano, o time também voltou a vencer o Internacional no Beira-Rio depois de 19 anos e bateu o Sport em Pernambuco após sete temporadas. No Paulistão, voltou a bater o Corinthians no Pacaembu após 20 anos. Em 2015, acabou uma série de nove partidas sem vencer o Flu.

Alguns tabus ainda persistem na Academia de Futebol. São dez partidas sem vencer o Atlético-MG, quase 15 anos sem bater o São Paulo no Morumbi e 22 anos sem erguer a taça do Brasileirão. Acabar com esta última marca, obviamente, é o maior objetivo do clube neste momento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos