Darlan Romani fica na quinta posição geral na final do arremesso de peso

O brasileiro Darlan Romani tem todos os motivos para deixar o Rio de Janeiro orgulhoso de sua performance. Pela manhã, nesta quinta-feira, ele tornou-se o primeiro atleta do país a se classificar a uma decisão no arremesso de peso. À noite, na final, quebrou o recorde nacional e terminou na quinta colocação.

A prova do arremesso de peso é dividida em duas partes, com três arremessos dos 12 melhores atletas na primeira, e o mesmo número de tentativas na segunda, mas com oito competidores.

Logo em sua primeira chance, Darlan quebrou o recorde nacional, que pertencia a ele, com a marca feita na parte da manhã (20,94m), arremessando o peso de chumbo de quase 8kg a uma distância de 21,02m.

O campeão no Rio de Janeiro foi o americano Ryan Crouser, que quebrou o recorde olímpico na prova, na marca de 22,52m. A prata foi para seu compatriota Joe Kovacs (21,78m), seguido pelo neozelandês Tomas Walsh, que alcançou a distância de 21,25m.

Essa foi a primeira Olimpíada de Romani, catarinense de 25 anos, que conquistou a vaga nos Jogos "no apagar das luzes", apenas no dia 25 de maio desse ano, em uma competição em Senegal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos