McGregor debocha de confusão com Diaz: 'Temi por minha vida'

A coletiva do UFC 202, que aconteceu na última quarta-feira (17), quase terminou em pancadaria generalizada, em Las Vegas (EUA), após Conor McGregor se atrasar cerca de 30 minutos e Nate Diaz se revoltar. O americano deixou a bancada e atirou latas e garrafas de água na direção do irlandês, que respondeu na mesma moeda.

As equipes tiveram que ser contidas por policiais, que evitaram uma briga generalizada, mas a coletiva teve que ser encerrada prematuramente por questões de segurança.

Em entrevista ao jornal 'Los Angeles Times', Conor McGregor ironizou o episódio grotesco protagonizado na coletiva, no Hotel Cassino MGM.

- Apenas atiramos garrafas e latas. Foi apenas por auto-defesa, eu temi pela minha vida. O verdadeiro jogo da luta é maluco. São muitos altos e baixos, estou feliz por lutar aqui - desconversou.

Se no primeiro encontro entre os atletas, em março, pelo UFC 196, McGregor acabou finalizado no segundo round, no sábado (20), o irlandês prometeu um nocaute técnico sobre Diaz.

- Vou arrancar a pele dele devagar e o árbitro vai pedir para pararem a luta. No segundo round, mas estarei preparado para lutar por cinco rounds - declarou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos