Juventus inicia o Italiano reforçada e com grande favoritismo

Quem vai parar a Juventus na Itália? Essa é uma das perguntas mais comuns para quem acompanha futebol europeu. No sábado, a Velha Senhora inicia a busca pelo hexacampeonato do Calcio diante da Fiorentina, em Turim. Com a base mantida, a equipe do técnico Massimiliano Allegri entra novamente como a grande favorita ao Scudetto. Resta saber se, desta vez, algum concorrente terá força para mudar a história do campeonato, que parece já ter um destino traçado.

A base da Velha Senhora foi mantida, apesar de perdas importantes. O clube vendeu o francês Paul Pogba ao Manchester United por 105 milhões de euros (cerca de R$ 383 milhões) e o atacante Álvaro Morata, por 30 milhões de euros (R$ 109,4 milhões), ao Real Madrid.

- Acho que o segredo da Juventus é a manutenção da base da equipe. Na temporada passada, por exemplo, mesmo com a perda de jogadores importantes, o clube soube repor as peças e manteve jogadores que já formavam um espinha dorsal - disse o meia brasileiro Hernanes, que chega a sua segunda temporada pela Juve, ao LANCE!.

Por outro lado, a Juventus trouxe reforços de peso para qualificar ainda mais o elenco. Para a defesa, chegou Mehdi Benatia, emprestado pelo Bayern de Munique por (R$ 11 milhões). Do Barcelona, veio o lateral-direito Daniel Alves a custo zero. Pjanic reforça o setor de meio de campo, após a equipe pagar 32 milhões de euros (R$ 116,6 milhões) à Roma, assim como Lemina, ex-Olympique de Marselha, que custou 9,5 milhões de euros (R$ 34,6 milhões).

No ataque, dois novos nomes: o argentino Gonzalo Higuaín, que deixou o Napoli a contra-gosto da torcida por 90 milhões de euros (R$ 328,2 milhões), e Marko Pjaca, ex-Dinamo de Zagreb, que veio por 23 milhões de euros (R$ 83,8 milhões). Cuadrado, do Chelsea, ainda pode ser contratado em definitivo após passar a temporada passada emprestado.

- Pogba é um belo jogador, e qualquer time sentiria a sua perda. Porém, vai existir muita vida ao clube após sua saída. Pjanic vai trazer muita técnica e inteligência ao meio-campo, Benatia vai reforçar bem a já muito forte zaga, Dani Alves traz qualidade e experiência, e Higuaín pode não ser um craque, mas é garantia de gols. Isso em um time já montado e entrosado. A Juve larga muito na frente - disse o editor do LANCE!, Thiago Correia.

A defesa segue sendo um dos principais pilares da Juventus. Benatia, a princípio, chega para ser reserva do trio Barzagli, Bonucci e Chiellini, com a experiência de Buffon no gol - e Neto como suplente. Nas laterais, Daniel Alves e Lichtsteiner ocupam a faixa da direita. Na esquerda, Evra e Alex Sandro.

Marchisio é o primeiro homem do meio de campo, com Khedira e Pjanic completando o setor. Nomes como Lemina, Hernanes, Roberto Pereyra, Sturaro e Asamoah correm por fora. No ataque, Higuaín vai formar dupla argentina com Dybala, mas Mandzukic, Zaza e Pjaca devem dar dor de cabeça para Massimiliano Allegri.

- A Juventus resolveu fazer algo semelhante ao que o Bayern de Munique faz na Alemanha. Ele não apenas reforça o seu elenco, como também enfraquece os seus principais rivais. Nesta temporada, por exemplo, tirou Higuaín do Napoli, e Pjanic, da Roma. Os melhores jogadores dos times que chegaram a causar algum incômodo em 2015/16 - afirmou Thiago Correia.

DANIEL ALVES ESTREIA PELA JUVENTUS

Quando a Juventus entrar em campo para defender o Scudetto, será a primeira vez de Daniel Alves com a camisa alvinegra em uma partida oficial. O lateral-direito não contém ansiedade por atuar no Campeonato Italiano.

- É um grande prazer estar no Campeonato Italiano. Estou me sentindo em casa. Os companheiros e o clube me receberam super bem. Se eu não tivesse aquele frio na barriga é porque não sinto mais a minha profissão. A gente fica apreensivo para começar o mais rápido possível. Felizmente para mim esta espera está acabando. Estou bastante contente de poder fazer parte deste grande clube. E disputar este grande campeonato.

Daniel Alves ainda afirmou que já está acostumado com cobranças e acredita que a Juventus tem condições de fazer bom papel no Calcio.

- Barcelona e Juventus são clubes grandes e times assim sempre haverá cobrança pelas conquistas e pelos resultados em todas as competições que disputa. Aqui na Juventus não é diferente. É um clube histórico, cinco vezes campeão italiano consecutivo e pode entrar para história como primeiro clube italiano com seis títulos consecutivos. A Juventus formou um elenco não só para brigar pelo Italiano como também alcançar bons resultados nas competições europeias. Então acho um fato motivador e que me fez vir para este clube. É o fato de brigar por títulos e competir com outros grandes clubes por grandes conquistas. Eu vivo na minha carreira de competir e conquistar coisas importantes.

VEJA A PRIMEIRA RODADA DO CAMPEONATO ITALIANO

SÁBADO

Roma x Udinese

Juventus x Fiorentina

DOMINGO

Milan x Torino

Atalanta x Lazio

Bologna x Crotone

Chievo x Inter

Empoli x Sampdoria

Genoa x Cagliari

Palermo x Sassuolo

Pescara x Napoli

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos