Santos 'escolhe' Thiago Maia para fazer caixa e reduzir dívidas

  • REUTERS/Ueslei Marcelino

    Santos tem 72% dos direitos do jogador e espera faturar alto em uma possível venda

    Santos tem 72% dos direitos do jogador e espera faturar alto em uma possível venda

A cada dia fica mais difícil para o Santos pensar em manter seu time titular até o fim da temporada. Apesar do sonho do técnico Dorival Júnior de manter a força máxima, a realidade financeira do Peixe é outra.

Por isso, a diretoria do Alvinegro sabe que será necessário vender pelo menos um de seus principais jogadores para aliviar as contas. Em sua recente viagem à Europa, o presidente Modesto Roma Júnior ouviu de dirigentes do Chelsea, da Inglaterra, que a equipe de Londres está interessada no futebol de Thiago Maia, volante de 19 anos que está na Seleção Brasileira durante a disputa da Olimpíada.

Pelo fato de o Santos ter 72% dos direitos do camisa 29, revelado na base, o clube quer negociá-lo por um valor alto. O Peixe acredita que pode conseguir entre 15 e 20 milhões de euros pelo jogador (até R$ 72 milhões). O Chelsea não é o único interessado no meio-campista. Clubes como Atlético de Madrid, da Espanha, e Napoli, da Itália, também manifestaram interesse.

Ao LANCE!, o tio e advogado de Thiago, Vanderi Maia, afirma que o jovem não pretende deixar o Santos agora e que mira uma transferência internacional só em 2017.

"Nesta janela de transferências, ele não sai, quer ficar por mais tempo. O mais provável é que saia no meio do ano que vem, para disputar a Libertadores antes", explica.

Outro fator que agrada o Peixe, que ainda aguarda uma proposta oficial pelo volante, é que Chelsea e Napoli se interessam também pelo lateral-direito Daniel Guedes, pouco aproveitado.

Por enquanto, as únicas propostas que o Peixe recebeu documentadas foram por Gabriel, feitas pela Juventus e pela Inter de Milão, ambas da Itália. Porém os dirigentes santistas acreditam que o atacante deve rejeitá-las. Dona da maior proposta, a Inter, que ofereceu R$ 90 milhões, não poderá concretizar o negócio, pois foi autuada na regra do fair play financeiro da Fifa.

Em 13 dias restantes da janela de transferências para a Europa, o futuro do Peixe e o de seus astros têm diversas possibilidades e nenhuma certeza. Enquanto isso, o Campeonato Brasileiro continua.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos