Após empate contra o lanterna, Jorginho pede calma: "Seguimos em primeiro"

Depois de um período de 18 dias sem jogos, o Vasco não teve uma boa atuação e empatou por 1 a 1 com o lanterna Sampaio Corrêa, neste sábado, em Cariacica (ES). Questionado se a pausa na competição não tinha sido proveitosa, o técnico Jorginho disse que um resultado não pode desmerecer o trabalho feito e pediu calma.

"Acho que a análise desse tempo de trabalho tem que ser feita não apenas pensando nesse jogo. De forma nenhuma posso dizer que não foi proveitoso esse tempo sem jogos. Eu jogo futebol desde os 13 anos. Sei que é fácil comentar sobre um resultado. Temos que ter calma. Continuamos em primeiro lugar. Criamos gordura em relação ao quinto colocado", disse o técnico.

"Aconteceram erros, e eu assumo a responsabilidade sempre. Sou líder dessa equipe, sou o comandante. Me responsabilizo por tudo o que ela faz", completou.

O técnico cruz-maltino lamentou muito as chances de gol perdidas durante a partida, válida pela 20ª rodada da Série B. Jorginho disse que, por isso, o Vasco acabou castigado.

"Precisávamos ser protagonistas, marcar, fazer o gol. Tivemos oportunidade de matar o jogo no primeiro tempo, mas é aquele velho ditado: quem não faz, leva. Foram jogadas fortes deles. Cada substituição deles era mais alta do que a outra. Eles aproveitaram as oportunidades e empataram", comentou.

Na quarta-feira, às 19h30, o Vasco encara o Santos, na Vila Belmiro, jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O próximo confronto pela Série B acontece no próximo sábado, às 16h30, contra o Tupi, em Juiz de Fora.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos