Taís Rochel vibra com repercussão da esgrima durante Olimpíada do Rio

Representante da esgrima na categoria florete individual, Taís Rochel fechou sua participação na 15ª colocação nos Jogos do Rio, após ser eliminada na segunda fase pela russa Aida Shanayeva, campeã mundial em 2009 e vice em 201.

Satisfeita pela presença marcante da torcida brasileira durante as competições, Rochel analisou a evolução do esporte na Rio-2016:

- A esgrima cresceu muito. Isso nós, atletas, já sabíamos. A Olimpíada foi a prova para o público de que a esgrima não só é um esporte lindo de se ver e de se praticar, como também tem atletas brasileiros com um nível bem alto. Isso estimulou ainda mais o púbico.

A brasileira comentou também a ótima repercussão que a esgrima teve no público:

- Muitas pessoas vieram me procurar para me parabenizar e dizer que amaram me assistir jogar. Outras vieram me procurar para saber onde poderiam praticar. Isso é incrível! Estou muito confiante com o futuro da esgrima brasileira, afinal de contas, um país com mais de 200 milhões de habitantes tem espaço para mais de um ou dois esportes.

Antes de ser eliminada na segunda fase da competição, a brasileira venceu com facilidade em sua estreia ao superar por 15 a 0 uma esgrimista da Arábia Saudita.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos