Oliveira irritado e Renato abatido explicam derrota do Santos no fim

Raiva, frustração, irritação, decepção... Os jogadores do Santos deixaram o gramado do Couto Pereira, neste domingo, consternados. A derrota para o Coritiba aos 41 minutos do segundo tempo, por 2 a 1, tirou a chance do Peixe de encostar no líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras, depois de terminarem o primeiro tempo do confronto vencendo. Muito irritado, Ricardo Oliveira foi o primeiro a conversar com a imprensa.

- Vou falar o quê? O que aconteceu foi que fizemos o primeiro gol e demos confiança a eles. Demos confiança para o Coritiba e tomamos a virada, foi isso - resmungou o camisa 9 ao Sportv. Ele foi o autor justamente do gol santista no primeiro tempo, após aproveitar falha da defesa do Coxa.

- Nós tivemos chance de fazer o segundo gol, mas não chutamos. Eficientes, eles fizeram dois e conseguiram a vitória. Temos um jogo importante na quarta-feira, agora é virar o chip e depois voltar a pensar no Brasileiro - tentou amenizar o também experiente Renato, visivelmente abatido com o resultado.

De fato, o Santos agora ''vira a chave'' do Brasileirão para a Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, o Peixe recebe o Vasco, às 19h30, na Vila Belmiro, pelo confronto de ida das oitavas de final da competição.

Já no próximo domingo, enfim, o time volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro. Também na Vila Belmiro, recebe o Figueirense pela 22ª rodada do nacional. Atualmente, o Alvinegro ocupa a quarta colocação na tabela, com 36 pontos, quatro a menos do que o líder Palmeiras.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos