Corinthians nega saída e 'defende' André, que ainda não alcançou Love

  • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

    André pode trocar o Corinthians pelo Sporting nos próximos dias

    André pode trocar o Corinthians pelo Sporting nos próximos dias

Tite minimizou a má fase de André no começo do ano utilizando uma comparação com Vagner Love, que também chegou contestado e aos poucos ganhou espaço para virar peça importante do Corinthians no título do Brasileirão de 2015. O discurso virou mantra: jogadores, dirigentes e até Cristóvão Borges utilizaram a comparação, que ainda está longe de se confirmar. Love, com o mesmo número de jogos de André como titular, já tinha mais gols que o atual camisa 9.

Nesta segunda-feira, contra o Vitória, André voltará ao banco de reservas do Corinthians, e seu substituto será Guilherme, que não é um centroavante de ofício. A opção se deve à má fase do camisa 9, que tem 29 jogos pelo Timão, sendo 21 como titular, e apenas seis gols marcados. O último saiu há quase três meses, na sexta rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Coritiba, na Arena. Estamos na 21ª...

Mesmo em má fase, André despertou interesse do Sporting de Lisboa, mas o Corinthians não deseja se desfazer dele. Elogiado pelo técnico da equipe portuguesa, o corintiano gostou do que ouviu de seus representantes sobre a perspectiva de transferência, mas nenhuma proposta ainda foi apresentada ao Timão, que detém 80% de seus direitos econômicos. O Corinthians não tem interesse em se desfazer de André, até poque ele virou o único centroavante de verdade no elenco após o empréstimo de Luciano ao futebol espanhol. Perder André significaria perder a única referência de ataque que há no elenco, sem promessa de reposição.

A chance de saída para o Sporting existe, mas o Corinthians não deseja, ainda que Cristóvão tenha decidido que agora ele será reserva. A ideia do clube, enquanto nenhuma oferta é apresentada, consiste em dar confiança para André recuperar a vaga. Para isso, estão "liberadas" as comparações com Love.

Em 21 jogos como titular no ano passado, Love já havia marcado oito gols, enquanto André segue com seis após completar o mesmo número. O mês em que Love embalou foi justamente agosto de 2015. André ainda não fez nenhum gol neste mês. Tem comparação?

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos