Corinthians tem missões: reação, G4 e recorde de invencibilidade na Arena

Um triunfo sobre o Vitória, na noite desta segunda-feira, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, representará não apenas a recuperação do Corinthians na competição, como o recorde de invencibilidade da equipe na Arena, construída em maio de 2014. Em caso de triunfo (ou mesmo o empate), o time chegará à marca de 33 duelos sem derrota em Itaquera.

A série invicta teve início no segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2015, na vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense, poucos dias depois da derrota por 2 a 1 para o Santos, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Nesse período, 25 vitórias e sete empates (dois, contra Osasco Audax e Nacional-URU, marcaram quedas em competições de mata-mata).

Esses 32 jogos até hoje representam a mesma sequência no primeiro ano da Arena. Após perder na inauguração para o Figueirense, com gol de Giovanni Augusto, o Corinthians ficou 32 jogos invicto atuando em Itaquera, até perder para o Guarani (PAR), pela Libertadores de 2015. Se não perder hoje, será o 33º jogo.

 

Além da possibilidade de obter sua maior sequência invicta na Arena, a equipe de Cristóvão Borges pode aumentar outras duas sequências sem derrota. A primeira é em relação à temporada em si. Em 2016, o Timão jogou 23 jogos em Itaquera, com 18 vitórias e cinco empates.

 

Outro dado que chama atenção é o desempenho como mandante no próprio Campeonato Brasileiro. A equipe não perde diante da torcida na competição nacional há 27 jogos - último revés para o Palmeiras, dia 31 de maio do ano passado, por 2 a 0. De lá para cá, 21 vitórias e seis empates. Vale lembrar que apenas um jogo foi fora da Arena: Cruzeiro, realizado no Pacaembu (1 a 1).

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos