Com Gustavo e Jean próximos, Timão analisa mais nomes para repor saídas

Sem contar mais com o volante Bruno Henrique, além dos atacantes André e Luciano, o elenco do Corinthians foi limitado a 28 opções à disposição do técnico Cristóvão Borges para as rodadas finais do Campeonato Brasileiro e as fases eliminatórias da Copa do Brasil, que têm início na próxima semana. Assustada com a nova debandada, a diretoria está à procura de novos jogadores, e o primeiro confirmado deve ser o atacante Gustavo, artilheiro da Série B do Brasileirão pelo Criciúma.

- Estamos conversando com o Criciúma. Está bem adiantado e nos próximos dias a gente deve acertar a contratação dele - disse o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, que não atrelou a chegada de Gustavo à saída de André, a caminho do Sporting (POR).

- Ele viria de qualquer modo. Há um mês estamos conversando com o Criciúma, e o negócio do André saiu há dois dias. Não tem a ver uma coisa com a outra. É coincidência - declarou.

Gustavo chegou a São Paulo na tarde desta terça-feira para acertar os últimos detalhes com o Corinthians e ser submetido a exames médicos. O clube pagará R$ 3 milhões ao Criciúma por 35% dos direitos econômicos e ainda R$ 1 milhão por 10% que pertencem a um empresário. Desta forma, ficará com 45% dos direitos econômicos de Gustavo, sendo que o Criciúma segue com 35% e o Taboão da Serra, clube formador do garoto de 22 anos, continua com 20%. Além de Gustavo, Jean, volante do Paraná, também negocia com o Timão.

- Hoje o foco é nas próximas horas finalizar o Gustavo. As janelas estão fechadas para fora e do Brasil fecha em 15 de setembro. Continuamos observando jogadores, e o Jean é um deles, estávamos vendo há três ou quatro meses. Ainda há outros jogadores em pauta, mas só observações de atletas - relatou Eduardo Ferreira, diretor adjunto de futebol do Corinthians.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos