O que mudou no Palmeiras desde a "saída" de Gabriel Jesus? Quase nada...

  • Rivaldo Gomes/Folhapress

Após a vitória por 1 a 0 sobre o Internacional, no Beira-Rio, Gabriel Jesus despediu-se do Palmeiras para defender a Seleção Brasileira na Olimpíada no posto de artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro e com o time na liderança. Com a medalha de ouro na bagagem, o jovem voltou ao Verdão ainda no topo da lista de artilheiros e na ponta da tabela.

Jesus marcou dez gols antes de se apresentar à Seleção Brasileira. Quando ele embarcou para se apresentar a Rogério Micale, seu principal rival era Diego Souza, do Sport, com oito bolas na rede. Bruno Rangel (Chapecoense) vinha logo atrás, com sete, enquanto Robinho (Atlético-MG), Fred (Atlético-MG), Rafael Moura (Figueirense), Kieza (Vitória) e Vitor Bueno (Santos) estavam empatados com seis gols cada um.

Seis rodadas depois, a diferença para os concorrentes é menor. Diego Souza e Robinho chegaram à marca de nove gols, assim como Sassá, do Botafogo, que entrou na briga com ótimo desempenho nas últimas rodadas. Grafite, Vitor Bueno e Bruno Rangel estão com oito gols.

A "gordura" do time na ponta também diminuiu, de três para dois pontos. Ao término da 15ª rodada, a última em que Gabriel Jesus atuou, o Palmeiras tinha 32 pontos contra 29 do vice-líder Corinthians. Agora são 40 pontos contra 38 do segundo colocado, o Atlético-MG.

O Galo foi a equipe que mais cresceu no período olímpico. O time de Marcelo Oliveira ocupava o oitavo lugar após a 15ª rodada, com nove pontos a menos que o Palmeiras. Foram 15 pontos ganhos em 18 disputados desde então.

O Verdão somou oito pontos sem o seu artilheiro: derrotas para Atlético-MG e Botafogo, empates com Chapecoense e Ponte Preta e vitórias diante de Atlético-PR e Vitória. Foi a mesma pontuação de Corinthians e Grêmio no período, sendo que os gaúchos fizeram um jogo a menos. Flamengo (13 pontos) e Santos (10 pontos) também pontuaram mais.

Se pouca coisa mudou em termos de artilharia e classificação, a situação do atacante fora de campo foi definida. Antes envolvido em inúmeras especulações envolvendo clubes europeus, Gabriel Jesus foi vendido para o Manchester City e tem apresentação marcada para dezembro. O time do Verdão também teve uma mudança considerável: Fernando Prass, o mais absoluto dos titulares, fraturou o cotovelo e só volta no ano que vem. Jailson é quem tem jogado.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos