Após doping, Jones e Lesnar vão ser suspensos por no máximo um ano

Flagrados no doping no mês passado,, Jon Jones e Brock Lesnar tem motivos de sobra para comemorar. Segundo o site americano "MMA Fighting" publicou, a USADA (Agência Antidoping dos EUA) anunciou que os atletas vão pegar um gancho de no máximo um ano.

O motivo alegado para a suspensão mais curta do que se esperava é que as substâncias proibidas encontradas no corpo dos lutadores são consideradas "substâncias específicas", ou seja, podem não estar envolvida diretamente com doping", segundo o código da WADA, a Agência Mundial Antidoping.

Campeão interino dos meio-pesados, Jones testou positivo para as substâncias proibidas hidroxiclomifeno e para metabólitos de Letrozole, dois bloqueadores de estrogênio. Já Brock Lesnar também foi pego pelo uso de hidroxiclomifeno.

Jones foi retirado do UFC 200 em cima da hora e deixou a luta com Daniel Cormier, dando lugar a Anderson Silva, em uma luta vencida pelo campeão, não válida por cinturão. Dana White já manifestou o desejo de casa o combate entre Jon Jones e Anthony Johnson para definir o próximo adversário de Cormier.

Já Brock Lesnar chegou a lutar no UFC 200 e derrotou Mark Hunt na decisão unânime dos juízes, mas sua vitória deve ser anulada devido ao flagrante por doping.

A Comissão Atlética de Nevada ainda não divulgou a data dos julgamentos dos lutadores, mas devem ocorrer nos próximos meses.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos