Bayern começa a Bundesliga com poucos reforços e à frente dos rivais

Nesta sexta-feira, o Bayern de Munique abre o Campeonato Alemão diante do Werder Bremen, na Allianz Arena, às 15h30 (de Brasília). Mais uma vez, a equipe bávara desponta como grande favorita ao pentacampeonato, sequência que pode alcançada pela primeira vez na história.

O Bayern de Munique manteve a base da temporada anterior. E ainda fez contratações cirúrgicas, como Renato Sanches, ex-Benfica, e Mats Hummels, que atuava no rival Borussia Dortmund. Ambos custaram 35 milhões de euros (R$ 127,3 milhões) aos cofres dos bávaros.

Por outro lado, o clube perdeu o meia Mario Götze, que entraria em seu último ano de contrato e foi vendido ao Borussia Dortmund por 22 milhões de euros (R$ 80 milhões). Os Aurinegros também contrataram Sebastian Rode, volante que saiu por 12 milhões de euros (R$ 43,6 milhões).

Uma das promessas da base do Bayern e bastante elogiado por Pep Guardiola, Pierre-Emile Höjbjerg vai jogar nesta temporada pelo Southampton, que pagou 15 milhões de euros (R$ 54,5 milhões). Por fim, o zagueiro Benatia, que foi emprestado à Juventus por um custo de 3 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões), também não faz mais parte do elenco bávaro.

- O vaivém do Bayern de Munique foi sensato. Perdeu Benatia e Götze, mas repôs com até mais qualidade, trazendo Hummels, que chega para ser titular absoluto ao lado de Boateng, e Renato Sanches, um dos jogadores com mais potencial na Europa, e que pode cumprir o que o herói do tetra alemão não conseguiu. O adeus de Rode não faz tanta diferença. O elenco do time segue muito superior aos dos rivais, e é, sim, o rival a ser batido - disse o editor do LANCE! Thiago Correia.

Além das mudanças no elenco, o Bayern trocou de técnico. Saiu Pep Guardiola, que deu nova movimentação e implantou o tiki-taka, comum nos times pelos quais passa, e chegou Carlo Ancelotti. O treinador espanhol manteve a hegemonia do clube dentro no país, conquistando a Bundesliga por três temporadas seguidas, além de faturar a Copa da Alemanha em duas oportunidades. Na Liga dos Campeões, contudo, caiu nas semifinais em três anos consecutivos.

- Carlo Ancelotti é inteligente e experiente demais para fazer o time baixar a batida. Vai saber o que manter da equipe do Guardiola e onde mexer para que o time fique com a sua cara. Para suceder Pep, não havia escolha melhor do que o italiano - afirmou.

Lateral-direito do Schalke 04, Junior Caiçara acredita que a troca no comando do Bayern de Munique pode deixar o Campeonato Alemão um pouco mais equilibrado, o que possibilita a outros clubes sonharem com o título.

- Impossível tirar o caneco do Bayern? Creio que não. Com a saída do Pep Guardiola, não terá aquele tiki-taka que havia antes no time. Assim esperamos nesta temporada. Verdade que o Bayern e o Borussia Dortmund foram os destaques da última temporada, mas acredito que outros clubes podem surpreender, como o Schalke, Bayer Leverkusen e Borussia Mönchengladbach - ressaltou o brasileiro.

LESÕES PODEM ATRAPALHAR O BAYERN

O histórico de lesões de alguns jogadores do Bayern pode atrapalhar a caminhada do clube em busca do pentacampeonato Alemão e da conquista de outros títulos, como a Liga dos Campeões. Somente para a estreia contra o Werder, nomes como Robben, Douglas Costa, Coman, Boateng e Renato Sanches não devem ter condições de atuar.

O elenco do Bayern é recheado de opções, em muitas ocasiões não sente tanto os desfalques. Mas em parte da última temporada, Guardiola teve que improvisar na zaga, quando Kimmich e Alaba atuaram improvisados no setor. Boateng se recuperava de grave lesão muscular e Benatia também não tinha sequência em virtude de problemas clínicos. Sem contar Badstuber, que raramente é visto fora do departamento médico. Por isso, foi contratado Tasci, que também sofreu para jogar.

Quem também tem uma relação próxima com o departamento médico é a dupla Robben/Ribéry. O holandês não consegue engrenar uma boa sequência de jogos sem sentir uma lesão muscular. No caso do francês, ao que parece o problema em seu tornozelo foi curado, que o deixou fora por mais de nove meses. Outro que requer cuidados especiais é Thiago Alcântara.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos