Jornais estrangeiros analisam sorteio da Liga dos Campeões

O sorteio dos grupos da próxima Liga dos Campeões aconteceu nesta quinta-feira, em Mônaco. Real Madrid, Barcelona e Bayern de Munique não terão uma vida muito fácil na primeira fase, diferente do Leicester, campeão inglês na última temporada, que ficou no grupo do Porto.

The Guardian (ING), POOL do LANCE!

- O Arsenal foi eliminado na segunda fase da Liga dos Campeões nas útlimas seis temporadas e é fácil imaginar algo similar acontecendo, porque parece mais provável que terminem em segundo no grupo. O PSG se estabeleceu como uma das maiores forças da Europa e, enquanto a perda de Zlatan Ibrahimovic é um passo para trás, ele tinha um retrospecto ruim nesta competição. O Basel está com 100% de aproveitamento na Liga da Suíça e a viagem do Arsenal ao país não será fácil. Enquanto o Lodogorets é, claramente, o time mais fácil, mesmo se o atacante brasileiro Wanderson for muito bem.

O Manchester City ter conseguido chegar até as semifinais no ano passado foi um passo na direção certa, mas com a influência de Guardiola eles podem ser uma força significativa. Seus conhecimentos táticos vão ser cruciais contra seu ex-time Barcelona, que são os favoritos. Eles mudaram pouco da última temporada em seu familiar 4-3-3, com o trio assustador de Messi, Suárez e Neymar sendo a principal ameaça. O Borussia Mönchengladbach é, possivelmente, o time mais flexível taticamente na competição e as vezes usa três atrás. Enquanto o Celtic, de Brendan Rodgers, tentará fechar o meio contra os bons oponentes.

O jovem e cheio de energia Tottenham de Mauricio Pochettino estará cheio de confiança para passar de fase. O confronto contra o Leverkusen deve ser fascinante: estarão frente a frente com um time similar, com o sistema de pressão de Roger Schmidt recebendo elogios na Alemanha. O ataque do CSKA Moscou é encabeçada pelo marfinense Lacina Traoré, embora ainda não se sabe como ele funciona em um jeito de jogar no contra-ataque, defendendo durante um longo tempo. Enquanto o treinador do Monaco, Leonardo Jardim, claramente, não está certo de seu melhor time titular - ele fez oito alterações para o segundo jogo da temporada do Monaco.

Será fascinante ver como o contra-ataque do Leicester funcionará na Liga dos Campeões - que poderia ser muito perigoso fora de casa, embora eles possam precisar de outras abordagens para quebrar equipes visitantes fortes defensivamente. Seus adversários mais difíceis serão o Porto, que reforçaram sua qualidade com uma impressionante vitória por 4 a 1 no agregado sobre a Roma nos playoffs, e parecem muito melhores em seu sistema clássico 4-3-3, com seu clássico goleiro Nuno Espírito Santo. Club Brugge, treinado por Michel Preud'homme, será uma ameaça no contra-ataque, enquanto o Copenhagen jogar no 4-4-2, o que pode ser exposto contra equipes tecnicamente mais talentosas.

Tz München (ALE), POOL do LANCE!

- O Bayern falhou na temporada anterior contra o Atlético nas semifinais. Agora, os caminhos levam o time do novo treinador Carlo Ancelotti à capital espanhola novamente. Os outros oponentes, os holandeses do PSV Eindhoven e os russos do FK Rostov, parecem mais fáceis para os campeões alemães no Grupo D. O Dortmund entra no Grupo F ao lado do Real Madrid, Sporting Lisboa e Legia Warsaw. Eles também devem conseguir chegar à fase eliminatória.

O grupo mais equilibrado tem o terceiro colocado da Bundesliga, o Bayer Leverkusen. Eles jogam contra o CSKA Moscou, Tottenham e Monaco e tem grandes chances de passar de fase. Esse objetivo parece muito distante para o Mönchengladbach. Assim como na última temporada, eles não se deram bem no sorteio. O Manchester City também foi um dos adversários no último ano, quando caíram logo na fase de grupos.

Mundo Deportivo (ESP), POOL do LANCE!

- Via livre ao Real Madrid. A equipe de Zinedine Zidane foi, sem dúvidas, a que se deu melhor no sorteio entre os quatro espanhóis, pois só terá o Borussia Dortmund como rival mais complicado. O Barcelona ficou em um dos grupos mais complicados e devem se empenhar muito para conquistar a importantíssima primeira posição, que te dá o fator campo nas eliminatórias e te libera dos primeiros dos outros grupos nas oitavas.

Record (POR), POOL do LANCE!

- Sporting vai enfrentar o Real Madrid, enquanto Benfica e Porto tem uma vida mais fácil. Ao analisar o grupo G da Liga dos Campeões (onde o Porto ficou com Leicester, Club Brugge e Copenhagen), concluímos que a tarefa dos Dragões não é tão complicada como poderia ter sido. Mas percebemos também que os azuis e brancos, sendo favoritos a passar para a próxima fase, são os únicos que não são os campeões do seu país.

Na última temporada, o Porto ficou em terceiro lugar da Liga Portuguesa, a 13 pontos do Sporting (segundo colocado) e a 15 do Benfica (campeão). O Leicester foi o surpreendente campeão inglês, com 10 pontos de vantagem sobre o Arsenal. O Club Brugge conquistou o título na Bélgica, tendo ficado com 7 pontos de vantagem sobre o Anderlecht. Já o Copenhagen sagrou-se campeão na Dinamarca, com uma vantagem de 9 pontos para o Sonderjysk.

L'Equipe (FRA), POOL do LANCE!

- Os franceses evitaram o pior. O sorteio dos grupos da Liga dos Campeões reservou um grupo homogêneo ao Monaco, que está no Grupo E com o CSKA Moscou, Bayer Leverkusen e Tottenham. Os franceses, que estavam no pote 4, conseguiram evitar confrontos mais difíceis. Terão o Tottenham, que estava em seu grupo na Liga Europa temporada passada. Bayer Leverkusen também estava no grupo do Monaco na Liga dos Campeões 2014/15. Já o CSKA, time mais fraco do pote 1, nunca enfrentou os franceses.

O Lyon já enfrentou a Juventus nas quartas de final da Liga Europa, em 2014. Os campeões italianos acabaram vencendo e se classificando para as semifinais. Eles também já fizeram um confronto contra o Dinamo Zagreb em 2011, na fase de grupos da Liga dos Campeões, quando fizeram 7 a 1 em Zagreb.

Esta será apenas a segunda vez que o PSG vai jogar contra o Arsenal na Liga dos Campeões. O encontro anterior foi na temporada 1993/94, na semifinal da European Cup Winners' Cup (hoje conhecida como Liga Europa). Os ingleses se classificaram para a final e ganharam contra o Parma. Os parisienses nunca enfrentaram um clube da Suíça em sua história, mas já tiveram que lidar com um búlgaro, o Lokomotiv, na década de 80.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos