Recuperando-se de lesão, Tanquinho abre sua própria academia nos EUA

Campeão mundial de Jiu-Jitsu e peso-galo do UFC, Augusto Tanquinho Mendes teve um ano de 2016 complicado, onde perdeu a invencibilidade no MMA ao ser derrotado por Cody Garbrandt em sua estreia na maior organização de artes marciais mistas do planeta.

O carioca ainda teve que operar o ligamento cruzado anterior do joelho e teve que adiar o seu retorno ao octógono para 2017, mas mesmo assim, Tanquinho não tem do que reclamar. Isso porque o lutador abriu a sua própria academia em Phoenix, no Arizona, a "AGT Academy" no dia 1º de agosto e colocou em prática o seu lado empreendedor.

- Fiz a cirurgia tem três meses e estou voltando as atividades físicas aos poucos, ainda vai demorar uns três meses para eu entrar em forma, mas a cirurgia foi um sucesso, agora é só fortalecer. Já tenho o meu green card e estou aproveitando esse tempo machucado para focar no meu lado empreendedor. Abri minha própria academia, que é focada apenas no Jiu-Jitsu - disse, em entrevista exclusiva ao LANCE!

O carioca do tradicional bairro da Tijuca treina Jiu-Jitsu há 20 anos, dá aulas há 16 e está mais do que pronto para conduzir o seu próprio negócio nos Estados Unidos. Sobre a estreia contra Cody Garbrandt, o lutador lamentou a atuação do árbitro e espera cruzar o caminho do americano mais uma vez, mas com um camp inteiro de preparação.

- O ano não tem sido bom para mim, por conta da minha derrota e da minha lesão no joelho. Eu que pedi essa luta, pois acredito que eu poderia vencer o Garbtrant. Para alguém que pegou a luta em cinco dias não acho que fui tão mal assim e acho que o juiz interrompeu de maneira precoce, mas tenho certeza que mais cedo ou mais tarde nós vamos nos encontrar novamente. Planejo retornar ao octógono em janeiro ou fevereiro de 2017 - encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos