Ponte Preta e Corinthians têm as maiores torcidas de Campinas

Corinthians e Ponte Preta fazem neste sábado o verdadeiro dérbi campineiro. Isso, ao menos, é o que revela um levantamento inédito do instituto Própesquisa, que há 26 anos trabalha em Campinas e região. De acordo com os resultados, o Timão tem 22% das preferências do torcedor da cidade e a Macaca, logo em seguida, fica com 20% da torcida local. Surpreendentemente, São Paulo (10%), Palmeiras (8%) e Santos (4%) aparecem em seguida, ficando o Guarani apenas com a sexta colocação com apenas 3% dos torcedores.

- Como a margem de erro da pesquisa é de três pontos para mais ou para menos, trata-se de um empate técnico e podemos afirmar com certeza que Ponte Preta e Corinthians são as maiores torcidas de futebol da cidade - disse Rodrigo de Souza Queiroz, pesquisador responsável pelo levantamento.

A decadência técnica do Guarani, que já foi até campeão brasileiro, mas desde o início do século vem se afastando cada vez mais das principais divisões do futebol paulista e nacional - atualmente disputa a Serie C -, explica a queda do alviverde na preferência do torcedor. É uma situação, contudo, que poderá ser revertida se os bons resultados voltarem. O Bugre vive hoje um fenômeno conhecido como "torcida-oculta" em que seus fãs, desiludidos com a realidade do time, se declaram sem clube ou passam a se interessar mais pelos grandes da capital, por vezes omitindo sua opção bugristas.

A pesquisa revelou, ainda, uma pequena torcida de clubes de outros estados na região de Campinas. Flamengo (2%), Cruzeiro (1%) e Vasco (1%) foram citados. Outros 29% dos entrevistados declararam não torcer por nenhum time de futebol. O levantamento foi encomendado pela cervejaria Brasil-Kirin, patrocinadora da Ponte, com o objetivo de direcionar suas ações junto aos torcedores. Foi utilizado o método CATI (Computer Assisted Telephonic Interviewing), em amostra aleatória de 800 pessoas com cotas de sexo, idade e escolaridade representativas da população de Campinas, conforme o Censo 2010 do IBGE. A confiabilidade é de 95%

Especificamente sobre a torcida da Macaca, a pesquisa revelou que 66% são homens e 34% mulheres. A faixa etária predominante é de 45 anos ou mais (50%) e apenas 20% são menores de 25 anos - o que pode indicar uma dificuldade de renovação. Exatos 61% dos ponte-pretanos disseram ter ao menos uma camisa oficial do time. E além disso, canecas ou copos, chaveiros e bonés também são objetos de desejo do torcedor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos