Serve de lição! Vasco não passa em primeiro grande teste do ano

  • Daniel Vorley/AGIF

Apesar de saber as dificuldades, os torcedores do Vasco estavam esperançosos antes da partida diante do Santos, na quarta-feira. A torcida acreditava que a equipe no primeiro grande teste em 2016, ano que ficou invicta por 34 jogos, brigasse de igual para igual, o que não aconteceu. Os primeiros dois gols do time paulista surgiram em falhas da defesa e agora o objetivo é aprender as lições para não cometê-las de novo.

A atenção é o principal ponto cobrado pelo técnico Jorginho como uma lição a ser aprendida pelo Vasco, não somente para o jogo de volta contra o Santos na briga por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil, mas também na sequência da temporada - a qual o time entra em reta final na Série B do Campeonato Brasileiro para conseguir o acesso à elite do futebol nacional de forma antecipada. Ele, porém, preferiu não apontar individualmente e assumiu a responsabilidade.

"O que passamos no jogo mostra que temos de estar atentos o tempo todo. Não pode cochilar. Com o potencial deles (jogadores do Santos), são detalhes que decidem. Se estivéssemos ligados, não aconteceria. Vamos trabalhar internamente. Eu assumo a responsabilidade, mas não pode se repetir. Temos de estar muito atentos em casa para não repetir os erros", afirmou.

Um dos pontos árduos levados em consideração por Jorginho é fazer com que a experiência dos jogadores do Vasco se sobressaia sobre a juventude do elenco do Santos. As lições serão trabalhadas até a volta, em 21 de setembro, quando será visto se realmente os vascaínos aprenderam com os erros. Caso as falhas persistirem, restará apenas aguardar 2017.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos