Marcelo Oliveira aguarda volante e não descarta improvisar no Atlético-MG

  • Flickr/Clube Atlético Mineiro

O filme volta a se repetir para o Atlético-MG neste Campeonato Brasileiro. Assim como aconteceu diante do Grêmio, ainda no primeiro turno, a equipe alvinegra vai reencontrar o tricolor e novamente terá problemas com seus desfalques. No primeiro encontro, o técnico Marcelo Oliveira não contou com dez jogadores. Desta vez, as ausências serão nove, mas as peças de reposição não tiram a confiança do treinador em beliscar um resultado positivo no Sul.

"São nove desfalques, mas a gente não contava com alguns que já estavam fora. São jogadores importantes, mas estamos fortes. Temos possibilidades de formar um time forte para esse jogo tão importante", comentou o treinador.

Para escalar o time deste domingo, às 16h, Marcelo ainda vai aguardar pela evolução de Rafael Carioca. Se estiver em condições de jogo, o volante deverá começar como titular. Do contrário, o treinador cogita até escalar o lateral Fábio Santos no meio-campo para dar mais força defensiva ao time. No entanto, a continuidade com uma escalação usando quatro atacantes também não está descartada.

"Existem várias possibilidades. Tem chance de jogar com mais volantes, da mesma forma. Contra o São Paulo utilizamos mais atacantes. É possível fazer isso, desde que todos ajudem na marcação. O Fábio Santos já atuou mais à frente, pode fazer uma dobradinha com o Douglas Santos. É um jogo direto pelas primeiras posições. Precisamos estar fortes para essa partida ", completou Marcelo Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos