United volta ao 'Fergie Time' e derrota o Hull City nos acréscimos

O Manchester United saiu de Old Trafford pela segunda vez neste Campeonato Inglês e voltou à época do "Fergie Time" para derrotar o Hull City por 1 a 0, neste sábado, fora de casa, no The KC Stadium, em Kingston upon Hull, pela terceira rodada desta edição da Premier League. O garoto Rashford, nos acréscimos, anotou naquele momento dramático em que o ex-treinador do time Alex Ferguson tinha a certeza do gol salvador.

O resultado deixa os Diabos Vermelhos com nove pontos, na segunda colocação, atrás do Chelsea, apenas graças a um gol a menos marcado. Os Tigers ficam na quinta colocação, com seis.

O jogo foi morno até a metade da segunda etapa. A chuva chegou a atrapalhar o andamento das jogadas de ataque do Manchester United. Melhor para o Hull City, que aceitou a igualdade desde o início.

Os visitantes pressionaram e acuaram o adversário na etapa final. O Hull ficou atrás, tumultuando as tabelas entre Ibrahimovic e os demais atacantes dos Diabos Vermelhos. A entrada de Mkhitaryan foi importante para furar esse bloqueio.

Rashford, com muita personalidade, teve a primeira grande oportunidade do United. Ele arrancou, passou pela marcação, invadiu a área e chutou cruzado. O goleiro Jakupovic, com a ponta do dedo, salvou o time da casa. Pogba também teve uma grande chance, mas errou o alvo e chutou para fora.

No apagar das luzes, os comandados do técnico José Mourinho lembraram de Alex Ferguson para chegar à vitória. Rooney escapou pela esquerda e rolou para Rashford garantir o aproveitamento de 100% dos Diabos Vermelhos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos