Morre Alcindo 'Bugre', o maior artilheiro da história do Grêmio

Alcindo Martha de Freitas, o "Bugre", maior artilheiro da história do Grêmio, com 264 gols, faleceu na noite do último sábado, aos 71 anos, por conta de complicações do seu quadro de diabetes. Ele estava internado há mais de três meses no Hospital São Lucas da PUCRS, em Porto Alegre. Dos 264 gols com a camisa gremista, Alcindo, também conhecido como "Bugre Xucro", marcou 13 em Gre-Nais, sendo um dos recordistas no clássico.

No último mês de julho, o Grêmio realizou uma campanha de doação de sangue junto aos torcedores para auxiliar na recuperação do ex-atacante, que já havia passado por um transplante de rim. Na nota em seu site oficial, o Tricolor exaltou Alcindo, o descrevendo "como um dos maiores centroavantes da história gremista". O clube ainda divulgou que informações sobre os atos fúnebres serão comunicados em breve.

Natural de Sapucaia do Sul e nascido no dia 31 de março de 1945, Alcindo passou por alguns clubes, incluindo o Internacional, antes de chegar ao Grêmio. Foi emprestado ao Sport Club Rio Grande, retornou ao Tricolor e se profissionalizou. A sua primeira passagem pelo Tricolor gaúcho durou de 1964 até 1961, período em que foi pentacampeão gaúcho (1964, 65, 66, 67 e 68) e ainda defendeu a Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra.

Alcindo ainda passou pelo Santos entre 1972 e 1973, teve passagens por Jalisco e América, ambos do México, e voltou ao Grêmio em 1977, sendo novamente campeão gaúcho. Ele encerrou a carreira ostentando a marca de 630 gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos