Corinthians chama torcida e tenta reverter placar de decisão na base

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Derrotado por 1 a 0 pelo Internacional na última semana, em Porto Alegre, o Corinthians entra em campo nesta quarta-feira, às 19h15, tentando reverter a vantagem construída pelos gaúchos e assim avançar às finais do Campeonato Brasileiro sub-20, que é um dos torneios mais importantes das categorias de base do futebol nacional. O confronto decisivo será na Arena Barueri, palco onde o Timão costuma mandar muitos jogos das categorias inferiores, e os portões estarão abertos para a Fiel torcida. O apoio aos meninos, aliás, já é cobrado pelo técnico Osmar Loss, que dirige o sub-20 há quase três anos (houve uma curta pausa por três meses no ano passado, quando o profissional esteve no comando dos profissionais do Bragantino).

"Expectativa para o jogo de volta é de alta confiança. Temos atletas muito focados, confiança plena de que podemos reverter o resultado dentro de casa, com apoio da nossa torcida. É uma oportunidade do torcedor conhecer os atletas que no futuro podem estar vestindo a camisa do time principal", argumentou Loss, que tem histórico positivo de conquistas na base do Corinthians.

Para o duelo contra o Internacional, o Timãozinho tem alguns desfalques notáveis: Warian (expulso no último jogo), Thiagão (recebeu o terceiro cartão amarelo no Rio Grande do Sul), além de Guilherme Romão e Lucas Amorim, lesionados. Jogadores como Geovani e Gabriel Vasconcelos, que treinam com o sub-20, não puderam ser inscritos no Brasileirão sub-20 e também não atuarão na Arena Barueri. Em contrapartida, Cesinha vai retornar para a equipe.

O time sub-20 do Corinthians tem rostos já conhecidos de seu torcedor, a começar pelo goleiro Filipe, que foi vice-campeão da Copa São Paulo neste ano e já convocado para Seleção Brasileira nas categorias de base. Há também alguns jogadores que treinam rotineiramente no CT Joaquim Grava, com o técnico Cristóvão Borges, como Vinicius Del'Amore, Carlo, Lauder, Rodrigo Figueiredo, Samuel, Renan Carvalho, Miullen ou Pedro Victor. O nome mais famoso, porém, é de Fabrício Oya, destaque da conquista da Copa do Brasil sub-17 neste ano e que já é uma das esperanças do time sub-20.

"Será um confronto muito complicado para a nossa equipe. Não conseguimos um resultado que desejávamos no primeiro jogo, mas agora vamos contar com o apoio da nossa torcida e está tudo aberto ainda. Temos condições de reverter e sair com essa vaga para a final", disse Oya, titular no primeiro jogo das semifinais.

O Corinthians empatou com Figueirense (3 a 3), foi derrotado pelo Botafogo (4 a 1), mas venceu Atlético-PR (1 a 0) e Vitória (2 a 1) na primeira fase. Na etapa seguinte, superou Fluminense (4 a 0) e depois empatou em 0 a 0, e Grêmio (4 a 1 e 2 a 1) e venceu o Botafogo (2 a 1) até chegar às semifinais contra o Inter.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos