Ciente dos erros, Marquinho corre para 'agilizar' readaptação no Flu

  • MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Pés no chão, ciente dos erros que cometeu e com objetivos bem definidos para a sequência. Assim que o meia Marquinho se apresentou nas Laranjeiras, após fazer sua primeira partida como titular desde que retornou ao clube no mês de julho. O camisa 77, que marcou o gol do Tricolor no empate em 1 a 1 com o Corinthians, na quarta-feira pela Copa do Brasil, diz que ainda terá que trabalhar muito para conquistar, de fato, a titularidade na equipe de Levir.

São quatro jogos de Marquinho em sua volta ao futebol brasileiro, após quatro anos atuando na Itália e na Arábia Sáudita. O ritmo de jogo, segundo o próprio jogador, está longe do ideal. Com os campeonatos entrando em suas retas finais, o meia quer acelerar a readaptação para ajudar ao máximo o Tricolor.

"Eu sou concorrente (à vaga de titular). Não vim aqui pisar em ninguém. Acho que todos têm de melhorar, eu especialmente. Deu para ver, para mim mesmo, que posso dar mais", afirmou, antes de completar:

"Perdi bolas, errei passes. É ritmo de jogo, fiquei muito tempo parado. É um começo de temporada para mim, então, tem de agilizar", avaliou o meio-campista do Fluminense.

Querido pela torcida por sua primeira passagem no Flu, entre 2009 e 2011, quando marcou o gol que livrou o clube do rebaixamento, Marquinho terá uma boa oportunidade para se adaptar e ajudar o time a encostar no G4 do Brasileirão. São quatro jogos seguidos no Rio de Janeiro, e o meia mira a sequência de vitórias.

"Falta encaixar as vitórias seguidas para termos confiança plena. Acho que vamos conseguir. Quem sabe não começa sábado", disse o meia, referindo-se ao jogo contra o Figueirense no Giulite Coutinho, em partida atrasada e válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos