Gustafsson garante motivação em dia contra polonês no UFC Hamburgo

Duas vezes desafiante ao título dos meio-pesados do UFC, Alexander Gustafsson vive a pior fase de sua carreira e pela primeira vez acumula duas derrotas consecutivas, para Anthony Johnson e Daniel Cormier, respectivamente.

O sueco retorna ao octógono neste sábado (3), quando bate de frente com o polonês Jan Blachowicz e, mesmo após dois reveses consecutivos, Gustafsson garantiu que continua com a motivação em dia, conforme declarou ao site "MMA Junkie".

- Eu nunca perdi minha motivação. Não sei porque as pessoas ficam me falando isso. Tive duas derrotas. Perdi minha luta na linha de chegada contra Cormier. É um grande golpe e te atinge em cheio, mas as pessoas não entendem os pensamentos e sentimentos que se tem quando você treina tão duro por alguma coisa e perde nos pequenos detalhes. Você fala algumas coisas e as pessoas já dizem: 'Ele vai se aposentar'. Não. Você não entende, cara. Então, claro que dá uma diminuída na motivação, mas isso é o que eu amo fazer - desabafou.

Ex-desafiante em duas ocasiões diferentes, Alexander Gustafsson possui oito vitórias e quatro derrotas no UFC e foi o atleta que até hoje deu a luta mais dura da carreira de Jon Jones, sendo derrotado por pontos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos