Após derrota, Carlos Alberto dispara contra Levir Culpi: 'É mau caráter'

Depois da derrota do Figueirense para o Fluminense por 3 a 2 na tarde deste sábado em Edson Passos, o meio-campo Carlos Alberto deixou o gramado fazendo soltando o verbo contra o treinador do Fluminense Levir Culpi. Segundo o camisa 19, o técnico teria mandado o lateral Wellington Silva "dar porrada" no jogador do alvinegro catarinense.

- Foi uma covardia. Sou pai de 2 filhos e tenho caráter. Guerra é só no o jogo, acabou, todos são amigos. Levir mandou Wellington me dar porrada e me machucar. O garoto é meu amigo e ele falou sim. Um educador não pode incitar a violência. Ele disse: na primeira bola que der da uma porrada na bola dele - revelou Carlos Alberto.

O camisa 19 ainda comentou o momento que originou a discussão toda, lembrou de sua passagem no Fluminense e continuou disparando contra Levir Culpi.

- Sou ídolo, do Flu, tenho história no clube e uma gratidão enorme. A minha briga é no jogo, briga no bom sentido. Foi num lance na lateral e logo em seguida eu ganhei no corpo, não sou desleal. Mandar um cara fazer isso é coisa de mau caráter. Espero que ele fale isso nas entrevistas - completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos