Natação: Diretores da Fina pedem demissão após ida de russos ao Rio

Após sete russos terem sido banidos pela Federação Internacional de Natação (Fina) dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e, mesmo assim, terem competido no Brasil, três membros da direção de controle antidoping da entidade pediram demissão de seus cargos.

Segundo informações de agências de notícias da Europa, o motivo das resignações foi o não-cumprimento das recomendações do grupo, que procurou impedir os atletas reincidentes em casos de doping de participarem da competição no Rio de janeiro.

A Fina havia autorizado 30 dos 37 nadadores russos a disputar os Jogos Olímpicos. Os sete suspensos foram citados em um relatório de um investigador indepedente contratado pela Agência Mundial Antidoping como participantes de um esquema sistemático de doping na Rússia.

Uma das competidoras que havia sido impedida de participar da Olimpíada, Yuliya Efimova, por exemplo, conseguiu sua liberação por meio de um recurso na Corte Arbitral do Esporte e conquistou as medalhas de prata nos 100m e 200m peito no Rio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos