Vidal discute com treinador e abandona treino do Chile

O volante Vidal teve uma discussão áspera com o técnico do Chile, Juan Antonio Pizzi, e abandonou o treino desta segunda-feira. O jogador do Bayern de Munique se considerou prejudicado por uma decisão do argentino, que apitava um rachão da seleção bicampeã da Copa América, de acordo com o jornal "La Tercera".

Sem ouvir os apelos dos companheiros, Vidal virou as costas e se dirigiu à saída, sem falar com ninguém. O astro teria ficado insatisfeito por uma falta cometida pelo meia Fuenzalida sobre ele.

Famoso pela fama de bad boy, Vidal acumula polêmicas fora de campo pela seleção chilena nos últimos anos. Vale lembrar que, em 2015, durante a Copa América, o volante bateu com a Ferrari no centro de Santiago e correu o risco de perder a sequência da competição.

Nesta terça-feira, o Chile recebe a Bolívia, às 20h30 (horário de Brasília), em Santiago. A seleção não atravessa um bom momento nas Eliminatórias Sul-Americana da Copa do Mundo e ocupa apenas a sétima colocação, fora da zona de classificação para a Rússia.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos