De novo sem Guilherme, Timão usa a semana para aprimorar fundamentos

Com mais de uma semana livre após a partida contra o Fluminense, pela abertura das oitavas de final da Copa do Brasil, o Corinthians tem aproveitado o período para aprimorar fundamentos e trabalhar de olho na retomada do Campeonato Brasileiro e também da competição de mata-mata. Nesta terça-feira, por exemplo, o técnico Cristóvão Borges separou o grupo em dois e treinou individualmente ataque e defesa com suporte dos auxiliares Cassiano de Jesus, Fernando Lázaro e Fábio Carille.

Os defensores trabalharam posicionamento, jogadas aéreas e saída de bola em linha de quatro, com Léo Príncipe, Vilson, Yago e Uendel definidos como titulares para a partida de quinta-feira, às 19h30, contra o Sport, pela 23ª rodada do Brasileirão. Vilson foi escolhido como substituto de Balbuena, que está suspenso pela expulsão contra a Ponte Preta, e a única mudança possível no setor é a entrada de Fagner na direita - jogador está a serviço da Seleção Brasileira para as Eliminatórias da Copa do Mundo em Manaus, mas deve retornar a tempo da concentração para o próximo desafio do Timão.

No ataque não foi possível definir uma formação provável para o próximo desafio, mas o trabalho também foi exigente: trocas de passes seguidas de finalização, chegadas à linha de fundo, cruzamentos e conclusão. Depois deste trabalho, os titulares foram dispensados e os reservas atuaram em um treinamento coletivo em campo reduzido, de cinco contra cinco. O meia-atacante Guilherme foi desfalque nos dois trabalhos, já que se recupera de dores musculares na coxa direita e realiza tratamento no CT Joaquim Grava.

Sem Guilherme, e também sem Danilo (lesão), Romero (seleção do Paraguai), Guilherme Arana (Seleção sub-20), Léo Santos (sparring da Seleção principal) e Fagner (Seleção principal), Cristóvão definiu a seguinte escalação durante os trabalhos da semana: Cássio; Léo Príncipe (Fagner), Vilson, Yago e Uendel; Cristian; Marquinhos Gabriel, Camacho, Rodriguinho e Marlone; Lucca. Os três últimos desta escalação treinaram cobranças de falta depois da atividade, aperfeiçoando mais fundamentos antes da retomada do Brasileirão.

O Corinthians jogou na última quarta-feira e teve dois dias de folga em sequência. Após a reapresentação, no sábado, trabalhou mais três dias e encerra a preparação para enfrentar o Sport na tarde desta quarta-feira, no CT. O duelo contra os 13º colocados do Brasileirão vale a permanência no G4 e pode deixar o Timão até mesmo na vice-liderança da competição. Depois do Sport, o Corinthians terá uma maratona de ao menos seis semanas sem folga.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos