Palmeiras mantém mistério para o Choque-Rei; Moisés aparece no CT

Segue sob sigilo a escalação do Palmeiras para o clássico desta quarta-feira, às 21h45, contra o São Paulo, no Allianz Parque. O principal segredo do técnico Cuca concentra-se em usar ou não o meio-campista Moisés. Sob os olhares da imprensa, o camisa 28 não esteve em nenhum momento no gramado da Academia de Futebol durante os dois últimos treinos. Nesta terça-feira, apareceu apenas na porta da academia.

O último treino do Verdão antes do Choque-Rei teve mais de 1h de atividade fechada aos jornalistas. Algo que já havia acontecido na segunda-feira. Quando a entrada foi liberada, apenas um rachão com o elenco todo misturado pode ser acompanhado. O centroavante paraguaio Lucas Barrios participou normalmente com os demais companheiros, está recuperado de uma lesão na coxa esquerda.

Caso Moisés se recupere de uma entorse no tornozelo direito e tenha condições de ser titular, Cuca deve armar o meio-campo do Palmeiras com Tchê Tchê e Cleiton Xavier além do camisa 28. Com isso, o Verdão do Choque-Rei pode ter: Jailson; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Tchê Tchê, Moisés e Cleiton Xavier; Erik, Dudu e Rafael Marques (Gabriel Jesus).

- Moisés é uma peça fundamental, importância muito grande ao longo do campeonato. Mas quem jogou ali no meio-campo já mostrou seu valor, nosso grupo é muito bom. Quem entrar vai dar conta do recado - disse o volante Tchê Tchê, em entrevista coletiva nesta terça-feira, na Academia de Futebol.

Gabriel Jesus, que disputa nesta terça, às 21h45, jogo das Eliminatórias com a Seleção Brasileira, em Manaus, contra a Colômbia, retorna à capital na manhã desta quarta e vai direto para a concentração palmeirense. Lá, será avaliado pela comissão técnica do Verdão para saber se tem condições de estar em campo com menos de 24 horas de recuperação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos