De volta ao Atlético-MG após 68 dias, Dátolo desconversa sobre o futuro

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

A partida entre Atlético-MG e Vitória, nesta quarta-feira, às 19h30, marcará o reencontro entre Dátolo com a torcida em uma partida oficial - mesmo que não entre no decorrer da partida - após 68 dias. A última vez que esteve em campo foi na vitória do Galo em cima do Botafogo, por 5 a 3, em 30 de junho.

"Estou muito feliz em voltar. É difícil para um jogador ficar no departamento médico, mas isso já passou. Estou muito contente. É muito bom treinar, ver vocês. Tenho muita confiança em que tudo vai se ajeitar. Estou preparado para isso", afirmou o argentino.

"Me sinto melhor do que das outras vezes. Fizemos um trabalho diferente e tanto fisioterapeutas como eu estamos confiantes nessa volta para não ocorrer mais. Vou me esquecer das coisas ruins. Sou um cara muito otimista. Eu me entrego ao máximo e nunca vou desistir", completou o camisa 10, que carrega um histórico de lesões.

Por fim, o meia despistou sobre o seu futuro. Ao longo deste período, ele foi alvo de alguns times. 

"Nunca pensei em deixar o Atlético e não veio proposta de fora. Se vier proposta, a gente vai analisar. Quero voltar a jogar, ser feliz, tomara que tudo dê certo, isso que estou pensando. Não penso se renovo ou não. Depois, se o presidente considerar a possibilidade de renovar, tudo bem. Mas se houver proposta, tenho que analisar. Se o presidente não quiser renovar, tenho de buscar meu caminho. O torcedor já sabe o que eu sinto pelo Galo e eles nunca vão esquecer o que eu fiz aqui. Estou motivado para o jogo e depois, se houver proposta ou opção para renovar, vamos analisar o que é melhor para mim e para o clube", afirmou.

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos