Levir Culpi vê injustiça na derrota e diz que 'não perde esperança' pelo G4

Sentimento de injustiça. Assim que Levir Culpi deixou a Arena do Botafogo nesta quarta-feira, após a derrota do Fluminense para os donos da casa no Clássico Vovô. O treinador avaliou o resultado e a atuação de sua equipe, que com a derrota, segue com 34 pontos na tabela do Campeonato Brasileiro.

"O resultado foi péssimo, mas é difícil comentar isso. Achei o placar injusto, mas não podemos tirar o mérito da finalização do Botafogo. No modo geral o Fluminense foi mais presente e teve melhores condições, mas não tivemos a capacidade de finalização. Não podemos pensar no que perdemos, senão não recuperamos. Precisamos da torcida no próximo jogo", declarou o técnico.

Levir diz que derrota do Fluminense foi injusta

Com o resultado, o Fluminense verá o G4 do Brasileirão mais distante ao fim da rodada. No entanto, Levir afirma que o clube seguirá na disputa para se classificar para a próxima Copa Libertadores da América.

"Ninguém perdeu a esperança. Quem assistiu, saiu com o sentimento de injustiça. Os tricolores, claro. Mas o Botafogo teve méritos. Jogou fechadinho, se armou bem. A caminhada é longa, e ainda teremos outros jogos desse nível pela frente", declarou o treinador do Fluminense após o Clássico Vovô.

O elenco do Fluminense se reapresenta na manhã desta quinta-feira, na Sede das Laranjeiras, e inicia a preparação para o jogo contra o Atlético-MG, pela 24ª rodada do Brasileiro, na próxima segunda-feira, às 20h, no Giulite Coutinho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos