Daniel Dias fará maratona no Rio para manter o Brasil em alta

O sucesso do Brasil nos dois últimos Jogos Paralímpicos passa pelo homem que mais vezes subiu ao pódio na história do evento com as cores do país. O paulista Daniel Dias, de 28 anos, começa a partir de hoje uma maratona de nove provas, que se estenderão por quase todo calendário da Rio-2016.

Ele pretende ignorar o cansaço. Afinal, quer mais do que alcançar seus objetivos pessoais a cada mergulho. Sabe de sua importância para a manutenção do crescimento do esporte paralímpico. O primeiro desafio é na eliminatória dos 200m livre S5, às 11h37, no Estádio Aquático. As finais acontecem às 19h59.

Nas duas edições que disputou, em Londres-2012 e Pequim-2008, o nadador de Campinas levou para casa um total de 15 medalhas (10 ouros, quatro pratas e um bronze). No Rio, ele pode chegar a 24. Com isso, entraria para a história como o maior vencedor na modalidade. O australiano Matthew Cowdrey, que não disputa a Paralimpíada, tem 23.

- Mais do que recordes de medalhas, quero ajudar meu país a crescer no esporte. O resto é só consequência - afirmou Daniel, nascido com má formação congênita dos membros superiores e da perna direita.

O astro tem pela frente cinco provas individuais pela categoria S5 (estilo livre, para atletas com limitações físico-motoras), uma pela SB4 (peito) e os revezamentos 4x100m livre S5, 4x100m medley S5 e o 4x50m livre misto, que já acontece amanhã. A saga só se encerra no dia 17, na véspera da cerimônia de encerramento.

Tanto pelo histórico de pódios quanto pela correria nos Jogos, Dias é tratado com cuidados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Ele encabeça uma lista de atletas prioritários na preparação da entidade durante o ciclo. Nas ruas, é uma das raras figuras do movimento de esportistas com deficiência reconhecidas.

Tantas conquistas resultam em ganhos substanciais, que já ultrapassam a casa dos R$ 100 mil por mês. O atleta é patrocinado por nove marcas (Mackenzie, Embratel, Gocil, Ottobock, Panasonic, GS1 Brasil, Petrobras, Visa e Furnas), além de programas de incentivo do governo federal e apoio do governo paulista.

- Disputei duas edições dos Jogos, mas aqui será diferente, por ser em casa, ter a minha família e o calor do povo brasileiro. É algo bacana que o esporte paralímpico vivenciará pela primeira vez - declarou o nadador.

QUEM É ELE

Nome

Daniel De Faria Dias

Nascimento:

24/05/1988, Campinas (SP)

Altura e peso

1,73m e 58kg

Classes

S5, SB4 e SM5

Principais conquistas

Oito medalhas de ouro nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto-2015; sete medalhas de ouro e uma de prata no Mundial de Glasgow-2015; seis ouros e duas pratas no Mundial de Montreal-2013; seis ouros nos Jogos Paralímpicos de Londres-2012; onze ouros nos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara-2011; oito ouros e uma prata no Mundial da Holanda-2010; quatro ouros, quatro pratas e um bronze nos Jogos Paralímpicos de Pequim-2008; três ouros e duas pratas no Mundial de Durban-2006.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos